AlimentaçãoCoreia do NorteEconomiaEducação

“Sobre os deveres da mãe assumidos perante a família e a sociedade”

Pyongyang, 5 de dezembro (ACNC) — O estimado camarada Kim Jong Un, Secretário-Geral do Partido do Trabalho da Coreia e Presidente dos Assuntos Estatais da República Popular Democrática da Coreia, proferiu, no dia 4, na Ⅴ Conferência Nacional de Mães o discurso programático intitulado “Sobre os deveres da mãe assumidos perante a família e a sociedade”.

O texto do discurso é o seguinte:

Amadas mães;

Gostaria de reiterar, em nome do Comitê Central do Partido e do governo da República, as cordiais felicitações às participantes da Ⅴ Conferência Nacional de Mães e às mães que receberam nesta ocasião o Prêmio de Honra à Mãe Comunista.

Este evento se abriu com solenidade no momento orgulhoso de coroar o ano de 2023 com preciosas vitórias e sucessos de relevância histórica e todo o país teve a oportunidade de agradecer em uníssono às mães reconhecendo todos juntos os incontáveis esforços realizados por elas durante longo tempo, fato que me põe muito contente.

A história gloriosa que escreve nossa pátria avançando e triunfando hoje em dia apesar das provas duras tem registrados em suas páginas o militar com a arma na mão, o cientista com o cérebro privilegiado e o operário e camponês laboriosos.

Porém, no topo de todas essas honras e glórias há sempre as mulheres coreanas, as melhores do mundo, e todas as mães do país.

O presente brilhante de nossa pátria foi possível graças às nossas mães que se põem mais firmes e inabaláveis diante das dificuldades ainda que sejam comuns e modestas e, como sempre, serviram de verdadeiro exemplo em dedicar toda a vida à obra patriótica e de raiz que forma excelentemente a incontáveis heróis em todas as partes do país.

O período entre a quarta edição desta conferência e a presente coincide com os mais de 10 anos mais árduos e severos na história de nosso Partido e pátria.

Nesses dias e meses que não foram nada fáceis, estão gravadas as imagens das mães justas e íntegras que superaram cada dificuldade aceitando com prazer os sofrimentos para viver sempre com dignidade perante a pátria e seus filhos.

Contando com as mães que resistem caladas a todas as dificuldades e penas acreditando como justas todas as coisas que se propõe fazer o nosso Partido, decidiram-se e se impulsionaram as obras tão enormes quanto a fundação de um Estado, e os esforços abnegados delas, que foram ajudantes magníficas e alicerces de seus esposos e filhos, levaram a feliz término todas as obras empreendidas.

Não teríamos podido percorrer sem tréguas e a passos firmes a senda de fortalecimento do poderio nacional com toda segurança se não houvesse as mães que apoiaram as políticas do Partido sem nenhuma mudança de parecer, ajudaram suas filhas e filhos a sustentar firmemente com fé os fuzis e acenderam em todo o país a chama dos movimentos patrióticos resistindo por várias décadas as provas tão duras diante das quais se poriam rendidas as mulheres de outros países em uma questão de alguns dias.

Cada vez que me informo das condutas adoráveis de numerosos jovens que dedicam seu suor e sangue nos domínios difíceis e duros onde se colocaram voluntariamente, inclusive os construtores que criam novo milagre de construção na obra de nova avenida da zona de Sopho, que vai tomando cada dia seu perfil majestoso, encho-me de emoção pensando também em nossas mães que apoiaram a opção magnífica de seus filhos e os estimularam a levá-la a prática.

Elas merecem o elogio da época só pelo trabalho e o mérito de parir e criar numerosos filhos e se encarregar de todas as tarefas domésticas atendendo a seus cônjuges e sogros.

Apesar das muitas coisas com que se preocupam e fazem, ocupam e defendem dignamente, assim como os homens, um posto da revolução e uma parte da construção socialista cultivando com sua atenção precavida e solícita o frescor e a beleza de nossa sociedade.

Nossas mães estiveram tanto no setor agrícola e no de indústria leve, priorizados por nosso Partido, como nas bases de pesquisa científica, que exploram o mundo desconhecido, e os campos de construção em auge e fizeram brilhar seus nomes também na primeira fileira dos beneméritos patrióticos que comovem a época, e o amor e carinho delas incidiram no forte ímpeto da pátria que forja seu futuro vencendo as provas com a força das virtudes e dos belos traços.

O coração patriótico das mães, comparável a uma joia, e o suor derramado por elas a todo momento redundam no sorriso e nas lágrimas de felicidade da grande família socialista, que compartilha as dificuldades e penas, e estão latentes na força absoluta da RPDC e nas criações orgulhosas.

Todas as coisas que chegamos a possuir hoje dia e nos põem orgulhosos como símbolos do alto prestígio e desenvolvimento da RPDC serão transcendidas eternamente nos anais junto com a história escrita pelas mães coreanas com sua nobre alma e méritos acumulados com seu engenhoso e diligente empenho.

Estendo de novo meu cordial agradecimento a todas as mães do país que laboram com a fidelidade patriótica pura e fervente pela prosperidade da pátria, berço de todas as gerações vindouras, dando grande força, como sempre, ao nosso Partido na década severa da revolução.

Respeitadas mães:

O futuro de um país e uma nação se projeta primeiro nas qualidades ideológico-espirituais das mães e se constrói inicialmente com seus corações e mãos.

Quase um século já passou desde o início de nossa revolução.

Faleceram as mães combatentes que participaram na sagrada Guerra pela Libertação da Pátria deixando seus filhos amados sob o teto de casa alheia e chegaram a ser progenitoras as gerações que conheceram só pela tela e o livro suas antecessoras que ofereceram todas suas as filhas e filhos e até as noras para a revolução e escreveram a epopeia da época de Chollima sob o slogan comunista de “Um por todos e todos por um!”.

No entanto, continuam integramente o belo mundo espiritual que caracteriza as mães coreanas e a história de nobre vida dedicada ao futuro.

Isto é o que nos resulta tão valioso como linha de vida e vaso sanguíneo pelo futuro de nosso Partido e Estado.

A pedra angular do país é sólida se as mães são firmes no mental. Quando seu mundo espiritual for nobre, continuará com firmeza a linhagem da revolução e não se deteriorará a natureza do socialismo ao estilo coreano.

Hoje em dia, celebramos com solenidade este evento porque um futuro promissor se abre para a Coreia em meio a continuação íntegra da orgulhosa história e tradição das mães que passam seu legado de uma geração a outra.

Vemos no coração e rosto das mães a nobre concepção de que sua vida é para as gerações vindouras e se construirá a pátria próspera onde viverão bem os seus descendentes na medida em que seu sangue e suor foram derramados, e recordamos mais uma vez essas vivências adoráveis.

Qualquer pessoa tem a sua mamãe, que lhe tenha parido e criado, conserva na mente os episódios e imagens inesquecíveis do tempo em que cresceram sob os cuidados carinhosos e afetuosos dela.

Entre eles, algo que os filhos nunca esquecem é a vida abnegada de sua mãe, que não fez nada para si mesma, embora vivesse sempre muito ocupada sem se dar ao luxo de descansar, o rosto alegre que esboçavam quando faziam algo proveitoso pelo país e as lágrimas que derramavam na hora de castigá-los pela menor culpa.

As mães ensinaram com seu exemplo que a vida política dada pelo Partido e a de sacrifício são mais valiosas do que a física e a de prazer e nossas gerações futuras cresceram aprendendo o verdadeiro sentido da vida e do patriotismo através das instruções e imagens delas, antes do que ensinam os livros.

Sob o colo das mães excelentes, formam-se os bons filhos.

As gerações futuras, que cresceram aprendendo o verdadeiro valor da vida em cada passo de tais mães, entregam às seguintes o testemunho de fidelidade patriótica e estas o legam a outra posteridade. Este é o processo legítimo de construção do futuro da pátria.

Nossas mães são pessoas preciosas que unem uma geração à outra com o mesmo sangue de patriotismo e as primeiras construtoras do futuro maravilhoso.

Participantes:

A primeira tarefa revolucionária reside em preparar bem as novas gerações que deverão sustentar nosso Estado poderoso compondo a força principal de nossa sociedade.

Assim como é importante o começo da vida, a educação familiar ocupa o primeiro lugar entre o ensino no lar, o da escola e o social, e resulta especialmente valiosa dentro dela a influência da mãe.

Por esta razão, o Partido do Trabalho da Coreia aprecia mais do que outras reuniões o Congresso da União de Crianças da Coreia e a Conferência de Mães e preparou com muito trabalho a presente edição atendendo-a e organizando-a diretamente no nível de seu Comitê Central.

Esperando que para todas as mães este encontro seja uma oportunidade substancial para torná-las mais conscientes de sua responsabilidade e obrigação assumidas perante a família e a sociedade e fazê-las cumpri-las magnificamente, quero informá-las as políticas importantes do Partido e do governo e pedir-lhes algumas coisas.

Como sabem todos, embora seja difícil a situação econômica do país e tenham se tornado mais brutais do que nunca as manobras obstrutivas dos elementos hostis, conseguimos muitas mudanças que não se podem comparar com as de há mais de uma década e daremos outros 10 anos depois o panorama de desenvolvimento vertiginoso fora da imaginação ao lutar tenazmente no futuro por cumprir os ideais e metas mais ambiciosos.

Como todo o povo vê, ouve e percebe na realidade, as políticas importantes e medidas que põem em prática nosso Partido e governo são obras enormes para criar melhores condições e ambiente mais culto para viver.

A alimentação, vestimenta e moradia são as primeiras necessidades da vida do homem.

A luta por implementar o programa de revolução rural de nova época, apresentado por nosso Partido, é a causa histórica para resolver de maneira total e sustentável o problema alimentar do povo em um futuro próximo e, ao mesmo tempo, transformar com modernidade as zonas rurais que eram pronome de atraso secular.

A fim de cumpri-la com antecedência, o Partido e o governo enviam cada ano ao campo muitas máquinas e materiais agrícolas mobilizando até os setores importantes, embora sofram a escassez de tudo e as dificuldades, e, este ano, conseguiram um grande avanço na consolidação da base de produção agrícola ao impulsionar grandes obras encaminhadas a reabilitar e completar as instalações de irrigação de todo o país, que estiveram desatendidas por várias décadas.

Atualmente, o setor agrícola do nosso país impulsiona fortemente o projeto de transitar para a agricultura centrada no cultivo de arroz, trigo e cevada, o de desenvolver a pecuária e fruticultura e o de construir as estufas de grande dimensão com o fim de realizar o desejo das mães de oferecer sempre as refeições nutritivas e saborosas aos seus filhos e familiares.

O Secretário-Geral disse que acontece o mesmo no caso da construção de pôlderes e recordou que o Presidente Kim Il Sung havia instruído construir sem falta os pôlderes nas zonas costeiras do Mar Oeste para alimentar todos os habitantes com arroz branco.

O Exército Popular da Coreia começou a construção de pôlderes com a determinação de terminá-la por completo dentro de 7 – 8 anos assinalou e prosseguiu:

Embora esta seja uma tarefa difícil para a grande transformação da natureza, se a completarmos para sua duração eterna de nossa geração, as posteridades se beneficiarão sem conhecer nem por palavra a escassez de terras cultiváveis e o problema alimentar.

Quanto ao assunto da criação de crianças que mais interessa às mães, fizemos não poucas coisas e temos perspectivas promissoras.

Ainda me sinto orgulhoso quando lembro que nosso Partido e governo alimentam a custo de muito trabalho todos os filhos do país com os produtos lácteos de alto valor nutricional, fornecem aos alunos de todo o país as mochilas de marca “Sonamu”, os uniformes e materiais escolares e remodelaram os palácios, acampamentos e casas culturais para as crianças.

Insatisfeitos disso, apresentamos a política de produzir uma revolução no trabalho docente e impulsionamos com energia sua execução para que as nossas novas gerações cresçam recebendo a melhor educação sob as condições e ambiente mais excelentes e avançados do mundo nas instituições docentes de todo tipo, desde o jardim de infância até a universidade.

Reunião teve como item da agenda “Sobre as medidas transcendentais para desenvolver o trabalho docente”

Em uma tentativa de resolver satisfatoriamente o problema de roupas da população, colocamos colossal esforço do Estado na criação de nova indústria química e de capacidade produtiva de fibras químicas e promovemos amplamente os espaços de desenvolvimento tais como as exposições de roupas modernas, que contribuirão para situar em um nível mais civilizado as vestimentas dos habitantes de todo o país incluindo as nossas mães.

Nos últimos anos, realizam-se no âmbito nacional as construções mais gigantescas que nunca cujo objetivo principal reside em resolver em alto nível o problema de moradias para os habitantes.

De acordo com a resolução do Ⅷ Congresso do PTC, a construção de moradias para 50.000 núcleos familiares na capital marchou sem falta por já 3 anos consecutivos e, como resultado, mudam-se cada ano para novos bairros residenciais mais de 10.000 famílias da capital.

Em particular, desde o ano passado, constroem-se por toda parte do país as modernas moradias rurais, equivalentes às da sociedade ideal, que se distribuem uma após outra aos trabalhadores agrícolas.

Temos o plano de transformar as capitais provinciais e até as cidades e os centros dos condados de acordo com a civilização moderna, de modo que todo o país seja mudado, desde a capital e localidades até os povoados montanhosos.

Além disso, resolveremos primeiro os problemas de água de uso cotidiano, combustíveis, transporte público, elevadores e aquecimento para os cidadãos da capital e, com base nas experiências obtidas disso, faremos o mesmo com as necessidades de vida das cidades locais como a água de uso diário.

O estimado camarada Kim Jong Un apontou que nas políticas importantes planejadas agora pelo Partido e o governo está incluída a obra de construir em todas as capitais provinciais os hospitais universais dotados de modernas e avançadas instalações de serviço médico, e continuou:

Além delas, prevê-se uma série de importantes políticas populares.

Se todas elas forem implementadas, sem dúvida ocorrerá uma mudança realmente radical na vida do nosso povo.

Todas as mães devem cumprir com sua responsabilidade e dever, assumidos perante a sociedade e a família, tendo a fé e otimismo no futuro da construção socialista e da sociedade ideal transformada que chegará em breve.

Nossas mães têm a importante missão de formar seus filhos como pilares da construção socialista e comunista e protagonistas da sociedade futura.

O primeiro passo de um revolucionário também se dá sob os cuidados de sua mãe e seu crescimento íntegro é possível sobre o colo dela.

Ninguém pode substituir as mães em sua posição e dever.

Somente quando elas cumprirem com sua responsabilidade de educadora, um avanço mais rápido e evidente na formação dos jovens e crianças e dos demais membros da sociedade como homens comunistas será registrado.

Antes de tudo, as mães devem ser as comunistas que possuem nobres e belos traços no aspecto espiritual-moral.

Caso contrário, é impossível formar seus filhos como comunistas nem preparar suas famílias à maneira revolucionária.

Como diz o ditado “Para conhecer uma pessoa, basta olhar sua mãe”, diferem-se muito na concepção de vida e cosmovisão os filhos que crescem no colo das mães habituadas a trabalhar com abnegação pela sociedade e o coletivo e a ajudar de boa vontade os que sofrem dos que crescem vendo suas progenitoras devotar todas as suas energias apenas para sua família e seus filhos.

Por isso, o modo de ser de todas as nossas mães deve consistir na virtude de aliviar juntos a dificuldade alheia, ajudar os outros e afligir-se diante dos sofrimentos deles e na humanidade de compartilhar as alegrias com vizinhos contentando-se como se fosse sua própria alegria.

A harmonia das famílias, que elas defendem e cuidam, também produz grande efeito sobre o crescimento dos filhos.

Tendo sempre presente que é um assunto importante para o país cuidar das tarefas domésticas e fomentar a alegria e harmonia do lar como donas de casa, deverão se esforçar por fazer-se mães meticulosas, esposas gratas e noras bondosas.

Se desejam de verdade o crescimento excelente de seus filhos, têm que forjá-los intencionalmente nas práticas de luta revolucionária e construção socialista.

Os postos de defesa da pátria e os campos de construção socialista são universidades da revolução que dão valiosas experiências de vida, que não se pode aprender no âmbito familiar, e cultivam o amor aos camaradas e abo coletivo e a vontade e capacidade de resistir às dificuldades.

Para as mães, não haveria prazer maior que ver seus filhos crescer como pilares do país aprendendo na luta e na vida quão valiosos são seu Partido e sistema.

Devem colocar com gosto seus filhos nos difíceis postos e centros de trabalho com o sentimento natural da mãe que batia com lágrimas nos olhos para o crescimento correto de seu pequeno filho.

O importante para elas é, além disso, prestar sempre profunda atenção à vida espiritual e moral de seus filhos.

Em alguns casos, filhos que em sua infância eram respeitosos e honestos se tornam pouco a pouco carentes de respeito e contaminados por maldades, e isso se deve a que suas mães se põem cada vez mais desatentas quanto mais crescem seus filhos.

As mães devem educar cotidianamente seus filhos para que estudem e militem bem em sua organização e levem uma vida moral sana, mesmo depois de ingressarem na universidade e incorporarem-se à sociedade, para não falar de sua infância.

Algumas mães se preocupam muito com a qualidade de estudo de seus filhos, mas menosprezam a educação na cortesia e moralidade, como a fala, ou não se incomodam com a linguagem exótica que usam, e outras pensam que cumprem bem seu papel de mãe se fizerem seus filhos se destacarem vestindo-os com roupas estranhas.

Ultimamente, intensifica-se na sociedade a luta contra os fenômenos exóticos que podem ser eliminados completamente quando as mães se incorporarem ativamente a ela.

Devem participar ativamente na construção socialista e exercer influências revolucionárias em seus filhos com sua conduta exemplar.

Embora o substantivo “trabalhadora” seja muito modesto, é a honra e distintivo do ser comunista que se consagra à nossa causa convencido de sua veracidade e vitória.

Elas devem se colocar com gosto na sociedade ao sair do âmbito familiar para se tornarem trabalhadoras socialistas dignas diante de seus filhos que produzem inovações nas fábricas e centros de trabalho e deixar, assim, marcas de vida valiosa sendo objeto de adoração e confiança do coletivo.

Além disso, devem cumprir com sua obrigação cívica dedicando-se voluntariamente aos trabalhos proveitosos para a prosperidade do país como a ajuda ao exército e grandes obras de construção.

O estimado camarada Kim Jong Un disse que é importante conhecer bem a gravidade da situação atual, sua causa e a chave de grandes mudanças que acontecem apesar de tais circunstâncias.

As mesmas mães devem se sentir orgulhosas das vitórias que alcançamos hoje e rejeitar categoricamente todas as tentativas e manifestações de hipocrisia dos inimigos conhecendo bem a justiça e veracidade das políticas de nosso Partido que não se pode negar de nenhuma maneira — acrescentou.

Assegurou que se acelerará tanto mais a causa de construção de uma potência socialista que é nosso objetivo quando todas as mães se mobilizarem com mais afinco compreendendo corretamente que é precisamente uma forma de patriotismo parir e criar muitos filhos.

Apontou que as organizações do Partido e as de massas, como a União Socialista de Mulheres da Coreia, devem dirigir e ajudar muito as mães a cumprirem seu dever assumido perante a família e a sociedade, e acrescentou.

Se os filhos se amparam no colo das mães, estas buscam sua tutela em sua organização.

O apoio constante da organização será grande estímulo para nossas mães que, na vida difícil, trabalham mais do que ninguém e têm muitas coisas preocupantes e muitos momentos esgotantes.

Nosso Partido deseja que coroem sua vida na mesma fileira em marcha para o comunismo não só algumas mães específicas mas também todas as demais do país.

Não há coisa mais agradável que ver as mães se tornarem amanhã as exemplares e inovadoras de trabalho graças ao empenho sincero da organização, embora tenham levado uma vida comum e desonrosa.

As filiais do Partido e da USMC devem organizar e guiar corretamente para que o movimento de massas que incorpora as mães se torne um trabalho voluntário, baseado no zelo patriótico e obrigação cívica.

Ao esclarecer os problemas de princípios surgidos em aumentar as fileiras de mães comunistas, o Secretário-Geral apontou que as filiais do Partido e da União de Mulheres devem ilustrar e ajudar com sinceridade para que as mães deem à luz e criem voluntariamente muitos filhos tomando consciência de sua obrigação assumida perante a família e a sociedade.

Tendo em mente que o trabalho da União de Mulheres é uma parte importante do trabalho do Partido, o CC do PTC e os comitês partidários nas províncias, cidades e condados devem prestar sempre atenção para que as filiais da entidade feminina cumpram devidamente seu papel e resolver com preferência os problemas surgidos nelas.

Também devem se guardar da imposição de cargas excessivas a elas — assinalou e continuou:

Cabe às instituições do Partido e do poder e aos órgãos econômicos fazer chegar corretamente às famílias prolíficas os benefícios estatais como a preferência na distribuição de moradias, no fornecimento de alimentos e mercadorias e no serviço médico e ampliar as prerrogativas em distintos domínios aplicando o subsídio especial no sentido de que seja realmente proveitoso na vida.

Amadas mães:

O anseio do nosso Partido é oferecer o mais rápido possível uma vida feliz e civilizada ao povo coreano, que é o melhor do mundo e sofre e trabalha mais do que ninguém, e isso reflete o que sonharam nossas mães de geração em geração.

Temos que cumprir fazendo todo o possível o sonho e desejo das mães de criar bem seus filhos no terreno bonito que é o socialismo e comunismo, o que constitui uma missão muito gloriosa e honrosa.

Nosso Partido lutará mais energicamente para conseguir o mais rápido possível todas as coisas desejadas pelas mães mais firmes e belas do mundo e os seres mais queridos que são suas filhas e filhos.

Amadas mães:

Sinto-me mais orgulhoso de que sejam justamente nossas mães as mais honestas e grandiosas do mundo.

As filhas e filhos deste país têm a grande felicidade e fortuna de poder chamar de mãe a tais mulheres excelentes.

Declaro encerrada a Ⅴ  Conferência Nacional de Mães desejando de todo coração a boa saúde e felicidade das mães de todo o país, em união a todas as filhas e filhos do território pátrio.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *