Coreia do Norte

Premier coreano supervisiona gestões do setor agrícola

Pyongyang, 10 de julho (ACNC) — Kim Tok Hun, membro do Presidium do Bureau Político do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, vice-presidente da Comissão de Assuntos Estatais e Primeiro-Ministro da República Popular Democrática da Coreia, averiguou em campo as gestões do ramo agrícola.

Em sua visita de trabalho pelas fazendas das províncias de Phyong-an do Sul e Hwanghae do Norte e do Sul, Kim avaliou como andam as tarefas agrícolas após estimular os agricultores que as cumprem com sinceridade com a decisão de implementar as resoluções das sessões plenárias do CC do PTC.

Na Fazenda de Phungthan da cidade de Sunchon, na de Sinsang do condado de Hwangju, na de Paeksok do condado de Sinchon, na de Sinchang do condado de Unchon e outras, averiguou em detalhes o estado de colheita de grãos de primeira colheita e instruiu a impulsionar com previsão os preparativos de cultivo de trigo e cevada de outono, com base nos sucessos e experiências obtidos na primeira lavoura do ano.

Disse que elas devem conquistar sem falta a meta de produção de grãos deste ano ao se concentrar no adubamento e cuidado de arroz e milho na estação de chuvas intensas e tomar a tempo as medidas técnicas para prevenir os danos por pragas e insetos nocivos, etc.

Mencionou que o setor agrícola deve aproximar a orientação técnica da realidade sob a bandeira do cultivo científico e, em particular, as entidades de pesquisa de ciências agrícolas devem resolver a tempo os problemas técnico-científicos pendentes no aumento da produção de cereais.

Ao passar em revista das instalações de irrigação e drenagem das zonas correspondentes, exigiu aos funcionários do órgão de direção agrícola que introduzam alto senso de responsabilidade na operação de instalações de irrigação, a corrivação, a reparação de diques e outros afazeres prestando sempre profunda atenção ao combate a fenômenos naturais desastrosos como o calor sufocante e chuvas torrenciais.

Na reunião consultiva convocada em campo, foi debatida uma série de temas tais como instruir aos dirigentes de agricultura que projetem e dirijam com visão científica as tarefas agrícolas e exigir ao órgão de supervisão das construções e outras entidades competentes que guiem substancialmente as obras de irrigação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *