CelebraçãoCoreia do NorteCultura

Grande performance pelos 75 anos da RPD da Coreia

Pyongyang, 10 de setembro (ACNC) — Teve lugar pela noite do dia 9 na praça em frente ao Palácio dos Congressos Mansudae, a grande performance pelos 75 da fundação da República Popular Democrática da Coreia, aumentando a alegria e emoção como um grande festival político dos vencedores.

A gala artística foi presenciada pelos membros do Presidium do Bureau Político do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, Kim Tok Hun, Jo Yong Won e Choe Ryong Hae, e os quadros do Partido, governo e círculo militar junto com os deputados da Assembleia Popular Suprema, os participantes nas festividades do dia nacional, os funcionários dos ministérios e órgãos centrais, os cadetes de escolas revolucionárias e os cidadãos da capital.

Foram convidados os membros da delegação do Partido e do governo da República Popular da China e do Conjunto Artístico Acadêmico Alexandrov do Exército Russo.

Atuaram na função os membros do grupo de instrumentistas da Comissão de Assuntos Estatais, do Coro Benemérito Estatal e outras importantes instituições de arte e os artistas e estudantes das entidades artísticas e dos centros de educação de arte da sociedade e do exército.

O hino nacional da RPDC foi solenemente interpretado.

Na cena foram apresentadas as odes ao líder e ao Partido do Trabalho, criados no percurso de fundação e desenvolvimento da Coreia do Juche, e as canções de luta e criação, estreadas na luta por defender o autêntico país do povo.

Enquanto se interpretava a canção prólogo “Nossa bandeira nacional”, desenharam-se a bandeira nacional e as palavras “Aniversário, 75” no céu noturno da festa.

Todos os participantes prestaram homenagem à bandeira nacional da potência flamejante no céu noturno.

Em seguida, ressoaram a “Canção da proclamação da República Popular”, “Maio de triunfo” e outras canções criadas no período de construção da nova Coreia pelo grande Líder Kim Il Sung.

Escutando o “Hino ao Marechal Kim Il Sung”, os espectadores sentiram grande veneração por este patriota e grande homem sem igual.

Foram levadas à cena também as canções famosas que descrevem a fidelidade patriótica do povo coreano que considera a consagração pela prosperidade da pátria como orgulho e valor da vida.

O espetáculo terminou com o solo feminino e coro “Pátria radiante” e o epílogo “Nossa bandeira nacional” que prestam tributo ao estimado camarada Kim Jong Un que abre a era de dar primazia ao nosso Estado, a era de potência nunca vista antes na história nacional de cinco milênios.

Fogos de artifício foram lançados dando um panorama fascinante ao céu noturno.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *