Coreia do NorteEconomia

Premiê coreano supervisiona vários setores da economia nacional

Pyongyang, 1º de dezembro (ACNC) — Kim Tok Hun, membro do Presidium do Bureau Político do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, vice-presidente da Comissão de Assuntos Estatais e primeiro-ministro da República Popular Democrática da Coreia, averiguo em campo as gestões de vários setores.

No Complexo de Maquinaria Pesada de Taean que registra um aumento produtivo para dar feliz término ao ano em curso, o premier destacou a necessidade de coordenar bem os processos de produção e elevar a capacidade de elaboração e a precisão de equipamentos com vistas a produzir e fornecer com suficiência as máquinas necessárias no campo de construção da Central Hidrelétrica de Tanchon e outros setores da economia nacional.

Pediu a todos os funcionários, operários e técnicos que impulsionem de maneira planejada a modernização dos processos produtivos, bem conscientes de que as ciências e tecnologias garantem o aumento de produção e, em particular, ponham grande empenho na inovação técnica encaminhada a melhorar a eficácia dos equipamentos de geração elétrica.

Na Fábrica de Tratores Kumsong, fez conhecimento do andamento da produção e funcionamento dos tratores e outras máquinas agrícolas e distribuir às fazendas do campo socialista muito mais máquinas eficientes e convenientes às condições reais do país.

Em seu percurso pelas sedes da exposição de materiais de construção das províncias-2023 e da apresentação de experiências técnicas e exibição nacional de êxitos de pesquisa científica da ramo agrícola, Kim instruiu a garantir a produção de materiais de construção com recursos domésticos e o melhoramento da qualidade de acabamento dos mesmos e outros, assim como compartilhar e generalizar amplamente os êxitos e experiências de ciências e técnicas agrícolas, de modo que isso contribua substancialmente ao desenvolvimento estável e sustentável da produção agrícola.

Nas consultas convocadas em campo, foram debatidos vários assuntos, entre outros, o de fornecer a tempo os materiais e os artigos produzidos em cooperação, necessários à produção de equipamentos pedidos, o de consolidar ainda mais a base de produção de máquinas agrícolas em contato estreito com os órgãos de pesquisa científica e as unidades de produção, o de diversificar em alto nível as formas, variedades e cores dos materiais de construção de acabamento usando as matérias-primas locais e o de cultivar muito mais variedades de alto rendimento e aplicá-las com pressa na produção.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *