Coreia do NorteExércitoMilitar

𝐊𝐢𝐦 𝐉𝐨𝐧𝐠 𝐔𝐧 visita a importante fábrica de caminhões militares

Pyongyang, 5 de janeiro (ACNC) — O estimado camarada Kim Jong Un, Secretário-Geral do Partido do Trabalho da Coreia e Presidente dos Assuntos Estatais da República Popular Democrática da Coreia, orientou em campo a importante fábrica de caminhões militares que registra diariamente aumento da produção, demonstrando plenamente a capacidade espiritual e o fervor patriótico das massas, em fiel acato à ideia da Sessão Plenária de dezembro de 2023 do Comitê Central do PTC.

Entre seus acompanhantes estavam, além de sua querida filha, Jo Chun Ryong, Jo Yong Won, Ri Il Hwan, Kim Yo Jong e outros quadros do CC do PTC, bem como os diretores da Direção-Geral de Mísseis.

O estimado camarada Kim Jong Un investigou detalhadamente o andamento da produção, revisando os caminhões de grande porte e outros de uso militar, feitos nessa fábrica.

Após tomar conhecimento do estado de cumprimento da produção de caminhões do ano passado, o Secretário-Geral do PTC avaliou altamente o fato de que os funcionários e trabalhadores da fábrica dinamizam a campanha para alcançar a nova meta de produção do Ano Novo, após superar a meta de produção de caminhões com plataforma de lançamento, indicada pelo CC do PTC, travando a luta enérgica pelo aumento da produção e a criação para fazer de 2023 um ano de mudança a ser escrito com letras maiúsculas no fortalecimento da capacidade de defesa nacional.

Sinto-me seguro ao ver todos da fábrica que alcançam sucessos na campanha de produção responsável para levar a bom termo a causa da construção do poderoso exército do Partido, mobilizados com a única vontade patriótica após aceitar ideologicamente o propósito do CC do PTC que apresentou a produção de caminhões com plataforma de lançamento de mísseis estratégicos como tarefa muito importante para centuplicar a capacidade de defesa nacional — disse e enfatizou que o empreendimento do Partido sairá vitorioso sem falta graças à classe operária do setor de munições absolutamente patriótica e fiel ao Partido e à revolução como a dessa fábrica.

Expressou grande satisfação pelo fato de a fábrica intensificar a luta produtiva através da campanha pela inovação técnica e outros movimentos massivos e a emulação socialista entre oficinas, brigadas e máquinas e antecipar a educação ideológica, e os empregados estabelecerem o ambiente de trabalho, produção e cultura acondicionando bem o local de trabalho com o apego à fábrica.

São muito importantes a posição e o papel que esta empresa desempenha no cumprimento da tarefa histórica de fortalecimento da capacidade de defesa nacional que nos impulsionamos constantemente sob a atual situação severa que nos exige fazer preparativos mais rigorosos para o confronto militar com os inimigos — enfatizou e apresentou as tarefas perante a fábrica.

Após expor a importância que tem a produção de veículos de armas táticas e estratégicas de diversas formas no fortalecimento incessante do dissuasivo de guerra nuclear do país, e a demanda operacional do exército, indicou os planos iminente e perspectivo de fabricação de caminhões por tipos e a tarefa de criação de capacidade produtiva.

Insistindo na necessidade de alcançar incessantes e vertiginosos sucessos na produção para que possa modernizar o exército mais radicalmente do que nunca, tomou as medidas importantes para a ampliação da capacidade da fábrica.

O fator chave que decide o sucesso produtivo é precisamente a ideia e convicção das massas produtoras — disse e enfatizou que a fábrica deve intensificar a educação ideológica para armar seus funcionários com o espírito de luta manifestado pelos trabalhadores da comuna Kunja da década de 1950 e com a nobre missão de liderar o fortalecimento da capacidade de defesa nacional, a fim de demonstrar plenamente sua capacidade espiritual, e deve se levantar no cumprimento da política da indústria de munições do Partido ao se valer de todas as forças e potencialidades.

Os funcionários, trabalhadores e técnicos da fábrica tomaram a firme decisão de permanecer fiéis à sagrada missão assumida perante a revolução ao retomar a campanha de produção de caminhões, demonstrando o ímpeto e temperamento da valente classe operária do setor de munições em resposta à grande confiança do estimado camarada Kim Jong Un, que colocou a fábrica à frente do percurso da construção da capacidade de defesa nacional, sempre a considerando e apreciando.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *