Coreia do NorteDesenvolvimentoEconomia

Êxitos da economia em 10 dias do sistema profilático de emergência máxima

Pyongyang, 22 de maio (ACNC) — 10 dias e noites se passaram desde a colocação em operação do sistema profilático de emergência máxima frente à crise sanitária criada no país.

O estimado camarada Kim Jong Un pediu encarecidamente defender até o fim a vida preciosa e o futuro de nosso povo com nossa convicção, vontade e unidade, ao levar a bom termo a grande batalha profilática redobrando a fé e a força.

Em resposta ao seu chamado, todo o Partido, país e povo impulsionaram sem parar a construção econômica apesar do bloqueio e isolamento mais férreos da história.

Em acato à ideia e espírito das reuniões e outras consultivas do Bureau Político do CC do Partido, todos os domínios e entidades da economia nacional travaram uma ofensiva para triunfar tanto na guerra contra a pandemia quanto no cumprimento do plano da economia nacional deste ano.

Apesar do confinamento por regiões e unidades, foi traçada a operação minuciosa para dar continuidade à produção e construção e foram tomadas as fortes medidas de execução.

Os funcionários dos órgãos de direção econômica do Estado impulsionam à frente a construção econômica com vistas a consolidar a base de cumprimento do Plano Quinquenal.

Os operários do setor de metalurgia coroam cada minuto e segundo de hoje com a luta e méritos.

Os empregados do Complexo Siderúrgico Kim Chaek superaram o plano de produção de ferro fundido e aço nos 10 dias posteriores à implementação do sistema profilático de emergência máxima.

A luta pelo aumento produtivo de materiais de ferro e aço ocorreu com maior intensidade nas bases metalúrgicas de diferentes partes.

Os mineiros das Minas de Unryul e de Jaeryong, fornecedoras de minérios de ferro, levam adiante a produção segundo o plano diário.

Especial referência merece o fértil trabalho dos operários da indústria química.

Em particular, os funcionários do Complexo de Vinalon 8 de Fevereiro e do Complexo de Fertilizantes de Hungnam produzem como planejado os produtos químicos como soda cáustica e cloreto de vinila e aumentaram para 105% a fabricação de fertilizante nitrogenado.

Os produtores da indústria elétrica geraram milhões de ㎾h a mais em comparação com o passado trabalhando com abnegação.

Quando as usinas hidroelétricas completam sem falta o plano diário, cumpriu-se com excesso o de produção eléctrica para 10 dias em todo o Ministério da Indústria Eléctrica.

Ao mesmo tempo, as usinas termoelétricas elevaram notavelmente a produção diária introduzindo os avanços técnico-científicos.

Os carvoeiros da indústria de carvão, sempre fiéis à sua missão atribuída pela pátria, apoiam com o aumento produtivo o Comitê Central do Partido e o sistema socialista.

O Complexo Carbonífero Juventude da Região de Pukchang e o Complexo Carbonífero da Região de Kujang produziram em 10 dias centenas de toneladas a mais, respectivamente.

Nesses 10 dias, superou o planejado o resultado de perfuração básica e a preparatória nas bacias carboníferas das regiões de Kaechon e Anju e se prepararam no Ministério da Indústria Carbonífera centenas de galerias de exploração de reserva.

O Ministério da Ferrovia e as direções e sub-direções ferroviárias de diferentes partes cumpriram o plano de transporte de cargas importantes para esse respeito, prestando atenção primordial à circulação sem acidentes dos comboios ferroviários.

Os operários da indústria de maquinaria mobilizaram-se para o aumento produtivo com o espírito de autoconfiança e perseverança.

Destacam-se neste domínio o Combinado de Fios Elétricos 326 de Pyongyang, a Fábrica de Máquinas-ferramentas de Kusong, as de rolamentos de Pyongyang e de Ryangchaek e a de bombas de Anju.

A onda de inovação coletiva nas principais indústrias inspira vitalidade à economia nacional em seu conjunto, como a agricultura, a construção, a indústria de materiais de construção, a leve etc.

Em todas as zonas rurais do país, ouvem-se as decisões de defender o Partido e a revolução com abundantes colheitas de cereais.

Os agricultores da província de Hwanghae do Sul cumprem o plano diário de tarefas agrícolas transplantando diariamente as mudas de arroz em milhares de hectares.

Igual êxito se obtém nas fazendas cooperativas em todo o país onde se organizam substancialmente o cursilho técnico e a amostra sobre o cultivo e o transplante das mudas de arroz e se introduzem avançados métodos agrícolas.

Por outro lado, impulsiona-se a bom ritmo a construção de importantes projetos.

Está prestes a ser concluída a construção estrutural das moradias para 10.000 núcleos familiares na zona de Hwasong onde se cria o novo mito de construção deste nome.

A fidelidade e o patriotismo dos construtores militares produzem a onda de Ryonpho, onde toma perfil uma fazenda de estufas de grande porte.

Em 10 dias, o Complexo de Cimento da Sangwon cumpriu em 110.2% a tarefa de produção deste material a ser enviado aos campos de grandes obras.

O Complexo de Cimento de Sunchon e a Fábrica de Cimento de Chonnaeri completaram os planos diários e semanais de produção.

Tais êxitos são igualmente alcançados na Fábrica de Vidros Amizade de Taean, na Fábrica de Peças Pré-fabricadas Espumantes de Pyongyang, na Fábrica de Fabricação de Madeira de Hamhung, etc.

O nobre amor ao povo do Secretário-Geral do PTC, Kim Jong Un, é a fonte da força motriz que estimula os operários da indústria leve à intensa campanha de produção.

Os trabalhadores da fábrica de calçados de Ryuwon cumprem o plano de produção em 105% em média diária, enquanto seus colegas da Fábrica de Botas Moldadas por Injeção dos ex-Militares Deficientes de Ryongsong vão abrindo as possibilidades de cumprimento do plano mensal da economia nacional.

Numerosas fábricas da indústria local também continuam a produção com base nas tecnologias próprias e nas fontes de matérias-primas.

Além disso, a Direção da Indústria Salina cumpriu com antecedência em 110% seu plano de produção para maio.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *