Ideologia revolucionária de Kim Jong Un

Os coreanos ostentam uma concepção de vida muito peculiar. Encontram o valor da vida em consagrar-se à sociedade, ao coletivo e aos companheiros. Preferem a palavra “nós” a “você” ou “eu”. A sociedade inteira forma uma grande família harmoniosa ligada pelo amor e confiança.

Hoje, o povo coreano, mesmo passando por todo tipo de provações e dificuldades, impulsiona com força a causa socialista.

Frustra categoricamente as persistentes maquinações de sanções e isolamento das forças hostis, ostenta sua dignidade e honra perante o mundo e, apoiando-se na potente economia nacional independente, alcança sucessivamente as grandes metas da construção socialista.

Tais êxitos são inconcebíveis à margem da proeminente ideologia revolucionária de Kim Jong Un.

Ilumina o caminho do desenvolvimento independente

No início de 2012, o mundo colocava interesse em qual caminho seguiria a República Popular Democrática da Coreia após o inesperado falecimento do dirigente Kim Jong Il (17 de dezembro de 2011).

Em 15 de abril do mesmo ano, em seu primeiro discurso oficial proferido na parada militar comemorativa do centenário do nascimento de Kim Il Sung (1912-1994) efetuada pomposamente em Pyongyang, declarou com solenidade que o caminho da independência, o do socialismo, leva a revolução coreana à vitória final, manifestando sua firme disposição e vontade de levantar mais alto a bandeira da independência que tremulou constantemente em todo o curso da revolução coreana e levar a cabo a causa socialista.

Isso se reflete também na linha do fomento simultâneo da construção econômica e da preparação da força armada nuclear, a de concentrar toda a força na construção econômica socialista e a ideia de fortalecer a força própria, a motriz interna em todas as suas faces.

Em acato à sua ideologia e direção, o povo coreano realizou num breve espaço de tempo a grande causa histórica de completar a força armada nuclear do país, tarefa que outros nem se atrevem a empreender, e manteve firmemente a soberania na construção e as atividades do Estado e as relações exteriores, levando ao ápice a dignidade e a majestade do país.

Satisfaz as exigências e os interesses do povo

Agora o povo coreano segue fielmente a direção de Kim Jong Un. Isto se deve ao fato de que as ideias revolucionárias apresentadas por ele ensinam o caminho mais correto para realizar a exigência e o interesse do povo.

Kim Jong Un formulou a quintessência do grande Kimilsungismo-Kimjongilismo, a única ideologia orientadora da revolução coreana, como conceder primazia às massas populares e a definiu como a principal política do socialismo. Igualmente, apresentou a ideia de conseguir que o Partido do Trabalho da Coreia tome servir com total entrega ao povo como a forma de sua existência e perpétuo estilo de trabalho.

Que deem primazia à exigência e ao interesse do povo e os absolutizem, que peguem até as estrelas do céu se o povo desejar, que realizem tanto a produção quanto a construção dando prioridade à garantia da comodidade do povo e tomando como pauta a sua opinião e avaliação, que todos os quadros sejam autênticos servidores, fiéis servos do povo – precisamente este é o núcleo de sua ideologia revolucionária.

Em resposta à sua ideologia, o Partido do Trabalho e o Governo, apesar de que a circunstância externa seja muito complexa e a situação interna, difícil, traçam continuamente as políticas e medidas a favor do povo. Tomando as políticas e medidas antiepidêmicas de emergência sem precedentes, defendem com firmeza a segurança do povo e, às custas do Estado, fornecem os produtos lácteos e outros alimentos nutritivos a todas as crianças do país. As importantes reuniões do Partido do Trabalho tomam sucessivamente as medidas para a melhoria da vida populacional e se levantam continuamente as construções para o povo, como por exemplo as casas para 50.000 núcleos familiares da cidade de Pyongyang.

Prevê o futuro distante

A ideologia revolucionária de Kim Jong Un prevê até o desenvolvimento do Estado de 50 e 100 anos depois.

Suas ideias de transformar o campo conforme a ideia Juche em torná-lo rico no aspecto material, de converter todas as províncias, as cidades e os condados no éden do povo mediante a ativação da administração territorial, de dar saltos com as ciências e garantir o futuro com a educação, de construir novos distritos residenciais e fábricas de tal maneira que sejam orgulhosos perante o mundo e outras refletem seu nobre propósito de preparar a poderosa força nacional e legá-la às posteridades.

Construir uma coisa de modo impecável, para que as posteridades não precisem nem do mínimo retoque – tal é precisamente o princípio da criação que permeia a ideologia revolucionária de Kim Jong Un.

A rua Mirae para os cientistas, a Ryomyong, os vilarejos rurais assentados na cidade de Samjiyon e outros lugares, o Complexo de Piscinas de Recreação de Munsu, a Zona de Recreação Cultural de Balneário de Yangdok, a Fazenda de Estufas de Jungphyong, o Palácio de Ciência e Tecnologia e muitas outras construções modernas erguidas nos últimos anos na RPD da Coreia deixam conhecer claramente ao mundo a ideia da criação de Kim Jong Un.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *