Coreia do Norte

Atualização sobre o caso do desertor estadunidense Travis King

ACNC publica relatório sobre o resultado intermediário da investigação do caso Travis King
Pyongyang, 16 de agosto (ACNC) — Em 18 de julho de 112 da era Juche (2023), ocorreu na zona de guarda conjunta de Phanmunjom o caso da invasão ilegal do território jurisdicional da RPDC pelo soldado das trovas estadunidenses ocupantes da Coreia do Sul, Travis King.

Enquanto visitava nesse dia às 15h30 a zona de guarda conjunta de Phanmunjom entre os turistas, King entrou intencionalmente na área da RPDC no espaço entre a sala de contato militar RPDC-EUA e a de descanso da polícia militar, localizada sobre a linha de demarcação militar, e foi interceptado pelos militares do Exército Popular da Coreia que estavam de plantão.

De acordo com a investigação feita pelo órgão competente da RPDC, ele reconheceu sua intrusão ilegal na área jurisdicional da RPDC.

No processo de investigação, ele confessou que tomou a decisão de ir para a RPDC partindo de seu ressentimento pelos maus-tratos desumanos e pela discriminação racial dentro das forças americanas.

Dizendo que também estava desapontado com a desigual sociedade estadunidense, expôs sua vontade de se exilar na RPDC ou em um terceiro país.

A investigação continua.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *