Realizada reunião do Presidium do BP do CC do PTC

Pyongyang, 18 de maio (ACNC) — Teve lugar no dia 17 na sede do Comitê Central do Partido a reunião do Presidium do Bureau Político do CC do Partido do Trabalho da Coreia.

A reunião foi dirigida pelo Secretário-Geral do PTC, Kim Jong Un.

Estiveram presentes na ocasião os membros do Presidium do BP do CC do PTC.

E participaram como observadores o secretário do CC do PTC, Ri Il Hwan, e os chefes de departamento do CC do PTC, Kim Jae Ryong e Ju Chang Il.

Após analisar a atual situação de crise profilática, a reunião estudou e debateu a implementação da política imediata de profilaxia e o rumo de cumprimento das políticas do Partido e do Estado nas circunstâncias da profilaxia de emergência máxima.

Igualmente, examinou o relatório sobre o estado de cumprimento de até o dia 17 de maio das políticas do Partido e do Estado para o primeiro semestre e discutiu os documentos e a agenda do problema organizacional a apresentar na Ⅴ Reunião Plenária do Ⅷ Período do CC do Partido.

O Presidium do BP estudou as medidas correspondentes após uma análise geral dos méritos e defeitos observados no desempenho dos membros do órgão de direção central do Partido.

Debateu o tema de fazer com que as organizações partidárias de diferentes níveis, os quadros diretivos e os funcionários de órgãos estatais desempenhem o papel protagonista na construção econômica do socialismo, na da defesa nacional e na superação de provas profiláticas ao trabalhar com a firme vontade, confiança e grande abnegação e responsabilidade e dar um avanço notável na implementação das orientações do CC do Partido tomando como linha vital sua direção única.

Analisou o fato de os quadros responsáveis dos órgãos do Partido e do Estado não cumprirem devidamente suas tarefas na situação de profilaxia emergente devido à falta de experiências e consultou os problemas para melhorar o papel protagonista, a criatividade e a atividade deles.

Abordou as medidas para dar mais rigor ao controle sobre o trabalho, a atividade e o desempenho das organizações partidárias de diferentes níveis, dos quadros diretivos e dos funcionários de órgãos estatais, de modo que não possam se manter em seus cargos com a incapacidade e o pancismo, assim como para estabelecer uma forte disciplina de trabalho em todo o Partido e os aparatos do Estado.

Concordou em aperfeiçoar as medidas organizativas e estruturais orientadas a exigir que todas as filiais do Partido e os funcionários dos órgãos estatais cumpram bem as tarefas assumidas e impulsionar fortemente a implementação da grande linha do Partido sobre a construção socialista, ao intensificar a investigação disciplinar e o controle nas fileiras do Partido, a vida ideológica e organizativa do Partido e melhorar o controle que abarca o monitoramento organizativo e a revisão.

Outro assunto importante abordado na ocasião foi melhorar ainda mais o funcionamento e o papel do Secretariado e dos departamentos do CC do Partido.

O Secretário-Geral analisou as limitações e erros relatados no trabalho do Secretariado e do BP do CC do Partido e ensinou a medida para corrigi-los.

Após deliberar o relatório do Comando Estatal de Profilaxia de emergência sobre a situação de proliferação da epidemia até o dia 17 de maio, o Presidium do BP reconheceu a justeza, a eficiência e o caráter científico da política estatal de profilaxia emergente, que se pratica atualmente, e debateu o tema de continuar conservando o ânimo da vitória em toda a frente antiepidêmica ao reajustar constantemente tal política levando em conta o prolongamento da tendência de melhora de agora e a mudança da situação da profilaxia.

Averiguou profundamente o estado de trabalho para reparar logo os desvios observados na distribuição de medicamentos e dispôs estudar os projetos adicionais de medidas profiláticas tais como instalar os centros distribuidores de medicamentos e os de tratamentos por zonas em todo o país.

O Secretário-Geral fez na ocasião uma importante conclusão sobre a execução da política profilática do Partido e do Estado no tempo atual.

A imperícia do Estado no enfrentamento à crise e a passividade, relaxamento e inação dos quadros diretivos do Estado, mostrados desde a etapa inicial da prova profilática, que se nos depara pela primeira vez desde a fundação do Estado, demonstraram os defeitos e brechas de nosso trabalho e resultaram em gerar ainda mais complexidade e dificuldade no tempo inicial da batalha profilática, quando o tempo significava a vida — assinalou.

Há que criticar e analisar profundamente, com vistas ao desenvolvimento, as deficiências e erros observados em distintos domínios no início da guerra antiepidêmica e remediar depressa, completar a metodologia para dotar e armar todos os setores com as orientações e políticas correspondentes do CC do Partido e reforçar o sistema de comando único do Estado e o de obediência — precisou.

Não se deve tolerar nunca em todas as entidades e funcionários a falta de consciência e preparação e a interpretação e ação arbitrárias em compreender a gravidade da situação e superá-la — acrescentou e ressaltou a necessidade de intensificar a educação e o controle ao respeito e elevar o ânimo de luta.

Sob a situação de profilaxia emergente do Estado, é preciso nos concentrarmos, por enquanto, em prevenir a proliferação da epidemia e travar a campanha de tratamento e, ao mesmo tempo, impulsionar de maneira multilateral e ativa os preparativos materiais e técnicos para enfrentar as ameaças e desafios perspectivos, remediar os erros, faltas e pontos vulneráveis observados recentemente e reforçar o regime e sistema de saúde pública e profilaxia, de modo que a atual crise profilática seja uma oportunidade para acelerar ainda mais a construção da capacidade estatal neste domínio — especificou.

Ao assinalar que se deve redobrar os esforços para estabilizar a vida populacional, instruiu a introduzir mais escrupulosidade nos trabalhos para assegurar as condições de vida e fornecer os artigos de uso cotidiano, assim como trabalhar em todos os sentidos para brindar a assistência médica e facilitar suas condições aos habitantes que dela necessitam.

As organizações partidárias de diferentes níveis devem escutar atentamente a voz do povo e a tendência social, averiguá-las e tomar medidas a tempo, explicar bem o caráter justo e científico da medida emergente tomada pelo Partido e o Estado, elevar a consciência de crise e o sentido de responsabilidade ante a severa situação emergente do Estado, educar e guiar todos a cumprir sincera e voluntariamente seus deveres e vencer a guerra antiepidêmica apoiando-se nas massas populares e mobilizando todas elas — asseverou.

A crise que atravessamos nos proporcionou um teste para avaliar as vantagens e desvantagens de todo o sistema de trabalho de nosso Estado — disse e acrescentou que é preciso analisar corretamente todos os fenômenos do tempo de emergência, repará-los com a visão crítica e a aspiração ao desenvolvimento, coordenar incondicionalmente os pensamentos e ações das organizações partidárias e órgãos do Poder de diferentes níveis e todos os domínios da sociedade com as resoluções e indicações do CC do Partido e exigir a manutenção voluntária e obrigatória da unanimidade de ação com esta instância partidária em todas as atividades do Estado.

É importante instruir novamente as organizações partidárias a todos os níveis e as células de todo o Partido com a ideia do CC do Partido de atribuir importância às células e ao papel dos militantes, para que estes melhorem seu papel medular e vanguardista — apontou.

Em particular, é preciso fazer com que os quadros lutem bravamente como patrulha, colocando-se na primeira linha das zonas e frentes de luta e conduzindo os militantes do Partido e as amplas massas e cumprindo com sua obrigação e papel de parede à prova de balas — ressaltou.

Sob a situação emergente do Estado, todo o Partido se mobilizará mais uma vez como um vulcão para pôr à prova da história e da época a comprovada liderança própria do PTC e exigir-lhe cumprir com toda a sua responsabilidade e, assim, defenderemos sem falta a tranquilidade da pátria e do povo e demonstraremos outra vez a todo o mundo a força e o espírito da Coreia heroica — afirmou.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *