Coreia do NorteDesenvolvimentoEconomia

Novo processo de produção de ferro Juche no Complexo Siderúrgico Kim Chaek

Pyongyang, 21 de dezembro (ACNC) — Foram adicionados ao Complexo Siderúrgico Kim Chaek o alto-forno do tipo economizador de energia, baseado no aquecimento por oxigênio, e os separadores de oxigênio de 15.000㎥/h, construídos ao estilo coreano.

A cerimônia inaugural teve lugar no dia 20 na presença de Kim Tok Hun, membro do Presidium do Bureau Político do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, vice-presidente da Comissão de Assuntos Estatais e primeiro-ministro da República Popular Democrática da Coreia.

Estiveram presentes na ocasião o secretário do CC do PTC, O Su Yong, o vice-premier Yang Sung Ho, o secretário responsável do Comitê do PTC na Província de Hamgyong do Norte, Kim Chol Sam, o Ministro da Indústria Metalúrgica, An Kum Chol, os funcionários e empregados do Complexo Siderúrgico Kim Chaek, o Complexo de Construção Metalúrgica de Chongjin e do Complexo de Montagem de Equipamentos, os diretores dos comitês, ministérios, órgãos centrais e do comitê partidário provincial de Hamgyong do Norte, e os membros da Brigada de Cientistas e Técnicos 17 de Fevereiro, e os cientistas, técnicos, pesquisadores e funcionários interessados que contribuíram para a construção.

O Su Yong leu a mensagem de agradecimento do CC do PTC enviada aos trabalhadores, técnicos e funcionários que realizaram notáveis méritos em estabelecer novo processo de produção do ferro Juche no Complexo Siderúrgico Kim Chaek.

O texto indica que a capacidade produtiva do ferro Juche mais que dobrará e que a perspectiva de fornecer muito mais materiais de ferro e aço para vários setores da economia nacional foi aberta graças à instalação do alto-forno do tipo economizador de energia, que se baseia no aquecimento por oxigênio, e os separadores de oxigênio de 15 mil㎥/h na referida empresa.

Destaca que este sucesso transcendental é uma manifestação do firme espírito de revolução contínua do povo coreano e um evento patriótico que comprovou com ações a convicção inabalável da classe operária de defender o Partido e o socialismo com a produção de aço.

Aponta que o CC do PTC envia um agradecimento profundo e saudação combativa aos trabalhadores, técnicos e funcionários do Complexo Siderúrgico Kim Chaek, do Complexo de Construção Metalúrgica de Chongjin e do Complexo de Montagem de Equipamentos que realizaram méritos relevantes em situar no estágio mais elevado de jucheanização da indústria siderúrgica do país e preparar uma base sólida para o desenvolvimento da economia nacional, ao estabelecer esse processo de acordo com a tarefa apresentada pelo Ⅷ Congresso do PTC.

Avalia altamente as façanhas de luta e os méritos de todos os construtores e ajudantes que contribuíram para preparar uma riqueza valiosa que dará ânimo ao avanço da pátria no tempo de provações mais duras.

Expressa a convicção de que todos os construtores, que abriram um novo plano para a indústria metalúrgica do tipo Juche, continuarão manifestando o espírito de luta heroica inabalável e a capacidade criativa inesgotável, à frente da marcha revolucionária pelo desenvolvimento integral do Estado.

Ao fazer uso da palavra de inauguração, o primeiro-ministro prestou, por encargo do Comitê Central do Partido e do governo da República, as calorosas felicitações e homenagem aos trabalhadores do Complexo Siderúrgico Kim Chaek e a todos os construtores, cientistas e técnicos que fizeram grande contribuição para o desenvolvimento da indústria metalúrgica do país.

Disse que a criação orgulhosa é o fruto da minuciosa atenção do estimado camarada Kim Jong Un que ensinou o projeto mais eficiente vendo o plano do alto-forno e o projeto de sua implantação e inspirou repetidamente a inteligência e coragem aos construtores para que saíssem bem de uma vez após revisar com serenidade todos os processos da obra.

Enfatizou que a inauguração do alto-forno de novo tipo é uma mostra contundente do ímpeto revolucionário da classe operária coreana que sustenta a economia independente com sua firme convicção de autoconfiança e a luta tenaz depositando seu destino na materialização das resoluções partidárias.

Destacou a necessidade de ampliar na área da indústria metalúrgica os sucessos e experiências alcançados na presente obra para reforçar a base de produção do ferro Juche e colocar na etapa de desenvolvimento sustentável a indústria siderúrgica do país.

Por último, o primeiro-ministro exortou a todos a travar uma dinâmica campanha para alcançar sem falta a meta de produção de aço, indicada no Plano Quinquenal, com o orgulho de ter implementado uma resolução partidária.

Em seguida, houve intervenções.

Depois, os participantes percorreram o novo processo de produção do ferro Juche.

Em vídeo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *