Museu Comemorativo da Vitória na Guerra de Libertação da Pátria

Na década de 1950, desenvolveu-se na Coreia a guerra contra a agressão armada do imperialismo norte-americano.

Para celebrar o triunfo nela, foi inaugurado o Museu Comemorativo da Vitória na Guerra de Libertação da Pátria em 17 de agosto de 42 (1953) da Era Juche, menos de um mês após o cessar-fogo.

Naquela época, foi chamado de “Museu Comemorativo da Guerra de Libertação da Pátria”. Em julho de 2013, foi excelentemente remodelado como monumento da época, em homenagem aos 60 anos da vitória na guerra.

A vitória neste conflito foi alcançada graças à sábia liderança do grande Presidente Kim Il Sung.

Ele convocou todo o povo a defender a pátria sob a palavra de ordem “Tudo para a vitória na guerra!” e desferiu devastadores golpes militares nos invasores fazendo hábil uso de originais, ousadas ​e engenhosas estratégias, táticas e métodos de combate, e acudiu até a arriscada linha de frente, dando aos combatentes encorajamento e ânimo invencíveis.

Estão estampados por toda a frente as marcas de sua inspeção, que ele realizou dizendo: “Os soldados da frente estão esperando por nós, como podemos hesitar aqui enquanto eles lutam derramando sangue? Vamos rápido”.

A vitória na Guerra de Libertação da Pátria foi possível graças aos bravos soldados do Exército Popular e do povo, que lutaram em defesa da Pátria, oferecendo sem hesitação até a própria vida, em fiel resposta ao chamado do grande Líder.

Os combatentes dedicaram suas vidas sem a menor vacilação pela única pátria nos postos envoltos de chamas, e os civis da retaguarda descascaram o arroz à luz de velas e carregaram munições e suprimentos sob chuvas de balas e projéteis.

Neste curso, nasceram mais de 600 heróis, dos quais 5 são 2 vezes heróis da República, 13 são heroínas da República e 20 são heróis do Trabalho incluindo 2 mulheres.

Choe Un Hwa, conferencista do Museu Comemorativo da Vitória na Guerra de Libertação da Pátria, diz:

“Nosso museu transmite como tal a destacada estratégia militar e métodos de combate do grande Líder Kim Il Sung e o indomável espírito de luta com o qual o povo coreano defendeu com o sangue a pátria sob sua orientação.

No período da Guerra de Libertação da Pátria, os valorosos soldados do Exército Popular protagonizaram prodigiosas façanhas nunca vistas na história mundial da guerra sob a acertada direção do grande Líder em operações como a de Taejon, protótipo de cerco moderno, na batalha de Osan e no combate naval em Jumunjin.

Contar este museu é um grande orgulho e honra para nós.

Junto com ele, brilharão para sempre as proezas realizadas pelo grande Líder Kim Il Sung na conquista da vitória na guerra e a história triunfante do povo coreano.”

Voz da Coreia

Leave a Reply

Your email address will not be published.