Ministra das Relações Exteriores coreana publica declaração sobre cúpula EUA-Japão-Coreia do sul

Pyongyang, 17 de novembro (ACNC) — A ministra das Relações Exteriores da República Popular Democrática da Coreia, Choe Son Hui, tornou pública no dia 17 a declaração que segue:

Exponho minha posição de advertir seriamente sobre o falatório dos EUA, do Japão e da Coreia do sul na recente cúpula tripartida sobre o “reforço da oferta de dissuasivo ampliado” e a “forte e resoluta reação” enquanto qualificam como “provocação” as legítimas e justas contramedidas militares da RPDC, que os próprios treinamentos bélicos de caráter agressivo deles causaram.

Sem dúvida alguma, esse evento produzirá o efeito de levar a situação da Península Coreana à conjuntura mais imprevisível ainda.

É preciso recordar que os seguidos treinamentos de guerra de agressão de grandes dimensões dos EUA e seus satélites não conseguiram deter a reação esmagadora da RPDC mas, pelo contrário, aumentaram a crise de segurança deles próprios.

O “reforço da oferta de dissuasivo ampliado” por parte dos EUA e as ações militares das forças aliadas, que se tornam cada dia mais frequentes nos arredores da Península Coreana, são uma estupidez que busca maior instabilidade para os EUA e seus aliados.

Quanto mais os EUA se concentrarem no “reforço da oferta de dissuasivo ampliado” aos países aliados e intensificarem suas ações militares provocadoras e pretensiosas na Península Coreana e na região, mais violentas, proporcionalmente a isso, se tornarão as reações militares da RPDC, que constituirão para os EUA e seus seguidores uma ameaça mais severa, real e inevitável.

Os EUA perceberão que estão fazendo uma aposta da qual se arrependerão sem falta.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *