Coreia testa novo ICBM “Hwasongpho-17”

Pyongyang, 25 de março (ACNC) — Sob a orientação pessoal do estimado camarada Kim Jong Un, Secretário-Geral do Partido do Trabalho da Coreia, Presidente dos Assuntos Estatais e Comandante Supremo das Forças Armadas da República Popular Democrática da Coreia, teve lugar no dia 24 de março de 111 da era Juche (2022) o lançamento de teste do míssil balístico intercontinental de novo tipo “Hwasongpho-17” das forças estratégicas da RPDC.

O Secretário-Geral deu em 23 de março a ordem correspondente e visitou no dia seguinte o campo de lançamento para dirigir pessoalmente todo o processo de sua execução.

Apresentou no histórico VIII Congresso do PTC a estratégia jucheana de desenvolvimento da defesa nacional e orientação de incremento constante do dissuasivo de guerra nuclear após se inteirar das exigências perspectivas da revolução coreana que partem da situação política internacional em brusca mudança, da cada dia agravante tensão militar na região da Península Coreana e do inevitável do confronto prolongado com o imperialismo norte-americano que acompanha a ameaça de guerra nuclear.

Enquanto dirigia à frente a luta importante para aumentar o potencial de defesa nacional, ele atribuiu maior importância ao desenvolvimento do ICBM de novo tipo e veio completando com sua orientação minuciosa e indicação quase diária o sistema de armamento tipo “Hwasongpho-17” como produto do poder próprio, criação da autoconfiança, meio de ataque principal das forças estratégicas da RPDC e o fidedigno dissuasivo de guerra nuclear.

Os funcionários, cientistas e técnicos do ramo de pesquisa científica da defesa nacional e os trabalhadores heroicos da indústria bélica, que vieram trabalhando sob a orientação pessoal do estimado camarada Kim Jong Un, armando-se com sua extraordinária ideia estratégica de autodefesa nacional, fabricaram em curto prazo o ICBM de novo tipo mediante uma luta intensa de pesquisa, desenvolvimento e produção com a inteligência criativa e indomável força espiritual.

Na tarde do dia 24, o Secretário-Geral estudou detalhadamente em campo o estado de preparação de lançamento do “Hwasongpho-17” e deu a ordem de retirá-lo para a base de disparo.

Dirigindo minuciosamente na base todos os processos de preparação, inspirou a força e coragem aos cientistas da defesa nacional e aos efetivos lançadores de mísseis que participaram na ocasião para trazer o momento de grande acontecimento que demonstrará a todo o mundo o nível de desenvolvimento vertiginoso do potencial defensivo da RPDC.

Após a conclusão dos preparativos de disparo, chegou o momento histórico.

Nesse instante, prestes a fazer o lançamento de teste do colossal armamento estratégico, esse lugar estava aquecido pelo ânimo de todos os cientistas da defesa nacional e trabalhadores da indústria bélica por anunciar a todo o mundo o nascimento de outro meio poderoso de ataque nuclear da Coreia do Juche e demonstrar o fidedigno dissuasivo de guerra nuclear da RPDC.

Quando o estimado camarada Kim Jong Un se situou no posto de controle geral de lançamento com os diretores do ramo, foi dado o alarme de combate na base de disparo, nos postos técnicos de observação e nos centros de pesquisa vinculados.

Em seguida, foi emitido à subunidade de artilharia a ordem de lançamento do Secretário-Geral e gritou “Fogo!” o chefe da companhia de bandeira vermelha que assumiu a missão correspondente.

No mesmo instante, subiu ao espaço o corpo colossal, que representa o poderio invencível da RPDC, deixando para trás uma fulguração brilhante e uma detonação estrondosa.

Levando em consideração a segurança dos países vizinhos, o lançamento experimental foi feito de forma a aumentar a altura em vez do alcance, no máximo ângulo.

“Hwasongpho-17”, lançado do Aeroporto Internacional de Pyongyang, alcançou a altura máxima de 6.248.5㎞ e caiu exatamente na zona prevista do alto mar do Mar Leste da Coreia ao cabo de navegar uma distância de 1090㎞ em 4.052 segundos.

Através do teste, ficou comprovado que todos os valores do sistema de armamento satisfazem exatamente as demandas do projeto e garantem no aspecto técnico-científico e prático a confiabilidade de operação rápida nas circunstâncias do tempo de guerra.

O novo sistema de ICBM supergrande, que será equipado e operado pelas forças estratégicas da RPDC segundo o plano estatal de construção das forças armadas nucleares, cumprirá fidedignamente a missão e dever de poderoso dissuasivo de guerra nuclear que controla totalmente a ameaça e desafios de guerra nuclear anti-RPDC, responde de maneira ofensiva a qualquer crise militar e defende a segurança da RPDC.

O estimado camarada Kim Jong Un disse com orgulho que o nascimento da nova arma estratégica da RPDC fará conhecer de novo a todo o mundo o poderio de nossas forças estratégicas e isto será um motivo para consolidar o caráter moderno delas e a base de garantia e confiança na segurança nacional. Continuou que o êxito no desenvolvimento do novo ICBM, síntese integral das ciências e tecnologias sofisticadas da defesa nacional, torna-se uma manifestação do poderio da indústria militar independente que cresceu e avançou com as forças próprias.

Declarou que esta vitória milagrosa de hoje é a valiosa alcançada pelo grande povo coreano que, apesar das dificuldades de todo tipo, apoia incondicionalmente as linhas de construção da autodefesa nacional e das forças armadas nucleares do PTC unindo-se com a única vontade pela segurança da Pátria e a tranquilidade eterna de todas as gerações vindouras.

São firmes e inalteráveis a opção estratégica e decisão de nosso Partido e governo de continuar consolidando qualitativa e quantitativamente e de maneira constante o formidável dissuasivo de guerra nuclear pela segurança nacional e frente a todas as crises do futuro — disse e acrescentou que a preparação da capacidade de ataque militar incomparavelmente superior significa a obtenção do dissuasivo de guerra e potencial de defesa nacional mais confiáveis.

Seguiremos direcionando com preferência todas as forças do Estado a incrementar o potencial de defesa nacional — apontou e reiterou que esta é a decisão do PTC e a nobre opção do povo coreano tomadas para defender sua dignidade, soberania e a paz assim como a tranquilidade eterna da Pátria e da posteridade.

É preciso fazer saber que pagará sem falta um preço espantoso qualquer força que se atreva a atentar contra a segurança de nosso Estado — asseverou e sentenciou que nosso potencial de defesa nacional se preparará perfeitamente para o confronto prolongado com o imperialismo norte-americano dispondo-se de um colossal poderio técnico militar que não vacila ante qualquer ameaça e chantagem militares.

Afirmou que as forças armadas estratégicas da RPDC estão totalmente prontas para frear e deter consequentemente qualquer intento militar perigoso dos imperialistas norte-americanos.

Tirou uma foto junto com os efetivos da companhia de bandeira vermelha e os principais funcionários do ramo das ciências da defesa nacional que contribuíram para demonstrar a todo o mundo a posição estratégica da RPDC.

Ao receber as máximas demonstrações de afeto e confiança do Secretário-Geral nesse momento significativo de ter demonstrado a todo o mundo o poderio absoluto da RPDC, todos os cientistas da defesa nacional tomaram a decisão de desenvolver no futuro também muitos meios invencíveis de ataque nuclear por nosso Estado e Partido e pelo estimado camarada Kim Jong Un.

O poderio absoluto e invencível dissuasivo de guerra nuclear só pode ser conquistado pelo grande PTC e pelo grande povo coreano.

Este meio nuclear de justiça, empunhado fortemente pelo grande PTC e pelo grande povo coreano, defenderá confiavelmente a marcha vitoriosa da revolução coreana e a tranquilidade eterna de todas as gerações vindouras, destruindo a fanfarronice militar do imperialismo norte-americano e seus seguidores.

Em video

Leave a Reply

Your email address will not be published.