Pelo fortalecimento do poderio nacional

Desde que deixou seus primeiros traços de liderança nas forças armadas revolucionárias em 25 de agosto de 1949 (1960) da Era Juche, o grande General Kim Jong Il não cessou suas visitas de orientação para fortalecer o poderio militar do país. Preparou o Exército Popular no plano político-ideológico e no técnico-militar, prestou primordial atenção à educação político-ideológica dos militares e fez estabelecer um ordenado sistema para isso em todo o exército e realizá-la substancialmente e de maneiras diferentes.


Além disso, deu especial atenção a converter o EPC em uma poderosa tropa capaz de um aniquilar cem inimigos e, sobretudo, ao fortalecimento da companhia, principal unidade de combate.


De acordo com a unânime vontade de todos os civis e militares da Coreia, ele foi nomeado Comandante Supremo, cargo máximo das forças armadas revolucionárias em 24 de dezembro de 1991, no período fatídico em que provas sem precedentes na história nacional eram criadas.


O grande general apresentou a questão militar como o mais importante do país, com a firme vontade de defender o destino da pátria e da nação e impulsionar o conjunto da construção socialista, tendo o EPC como pilar da revolução.


Nos dias da liderança revolucionária do Songun, ele fez grandes esforços para fortalecer o poderio político-ideológico do Exército Popular por todos os meios, transformá-lo em uma tropa invencível e aumentar a capacidade de defesa nacional em todos os aspectos.


Dedicou profunda atenção a equipá-lo com engenhosos e originais métodos de combate e armamentos modernos.


Orientou a criar um ambiente de treinamento revolucionário dentro de todo o exército, sob o lema “O treinamento também é combate!”, para que todos os soldados pudessem cumprir com sucesso as missões de combate que assumiam, em qualquer circunstância.


Estava sempre entre os soldados, ora visitando os postos de defesa nas linhas de frente ou ilhas, ora embarcando em barcos de guerra, aviões e tanques para dirigir seus treinamentos.


Da mesma forma, prestou muita atenção à modernização dos armamentos para dotar o EPC com poderosos meios ofensivos e defensivos.

Em 14 de fevereiro de 2012, foi divulgada a resolução para outorgar o título de Generalíssimo da RPDC ao grande General Kim Jong Il, que sempre saiu vitorioso no confronto com as forças hostis por ter formado nossas forças armadas revolucionárias como um poderoso exército de elite.

Leave a Reply

Your email address will not be published.