Diretor do departamento de imprensa e informação do MINREX publica declaração

Pyongyang, 6 de agosto (ACNC) — O diretor do departamento de imprensa e informação do Ministério das Relações Exteriores da República Popular Democrática da Coreia, Jo Yong Sam, divulgou, no dia 6 de agosto, a seguinte declaração que segue:

Como todos sabem, a presidente da Câmara de Representantes do Congresso dos EUA, Pelosi, que ao viajar para Taiwan destruiu a paz e a estabilidade regional e recebeu o merecido tratamento da China, instilou o ambiente de conflito anti-RPDC também em sua visita ao Sul da Coreia.

Pelosi esteve até mesmo na zona de guarda conjunta em Panmunjom falando com as autoridades sul-coreanas sobre o “poderoso e ampliado dissuasivo” frente à “ameaça da Coreia do norte”, o que revela claramente a visão da política hostil anti-RPDC do atual governo estadunidense.

O fato implica a intenção doentia de agravar a já mais aguda situação da Península Coreana e da região mobilizando as atuais forças conservadoras sul-coreanas no poder para um confronto fratricida e tomando-o como pretexto para justificar sua anacrônica hostilidade anti-RPDC e seu imprudente aumento armamentista.

Os EUA estão colocando lenha na fogueira.

É um grande erro se Pelosi, grande destruidora da paz e da estabilidade internacionais que instilou a atmosfera de conflito anti-Rússia ao visitar a Ucrânia em abril e desta vez causou a ira do povo chinês com sua visita a Taiwan, pensa que poderá estar a salvo na PenínsulaCcoreana.

Os EUA terão que pagar o preço pelos males causados ​​em cada lugar que ela pisa.

Leave a Reply

Your email address will not be published.