Coreia do Norte

Tem lugar nas províncias comícios massivos pelo 25 de junho

Pyongyang, 26 de junho (ACNC) — Por ocasião do dia da luta anti-ianque – 25 de junho, grandes comícios tiveram lugar no dia anterior em todas as províncias com a participação de funcionários de órgãos locais do Partido, do poder e da economia e das entidades de massa, os trabalhadores, jovens e estudantes.

Nas ocasiões, houve intervenções de representantes de diversos setores.

Os oradores disseram que permanece fresco na memória o panorama trágico de 3 anos da passada guerra coreana em que, devido às atrocidades dos imperialistas dos EUA, todo o território da RPDC, onde uma nova vida era construída, foi reduzido a cinzas e houve derramamento de sangue de inocentes habitantes em todos os lugares que esses inimigos haviam ocupado.

Enfatizaram que o povo coreano assumiu firmemente as armas nucleares de retaliação para nunca repetir a terrível história de 25 de junho.

Como o lobo nunca se torna uma ovelha, jamais mudará a natureza agressiva do imperialismo ianque e dos inimigos de classe — apontaram e continuaram que se essa verdade da história for esquecida, a visão de classe será ofuscada e se repetirá a tragédia de 25 de junho de 1950.

Exortaram todos os funcionários e trabalhadores a pôr fim ao confronto anti-ianque, que perdura de geração em geração e século após século, e elevar sem falta a melhor potência, digna de inveja de todo o mundo, sob a liderança do Partido do Trabalho da Coreia.

Em seguida, marchas massivas foram realizadas. -0-

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *