Realizada reunião ampliada da Ⅴ Sessão Plenária do Ⅷ Período do CC do PTC

Pyongyang, 11 de junho (ACNC) — No momento que se acelera a marcha de todo o povo para superar a crise nacional sem precedentes com a convicção, vontade e unidade típicas da Coreia do Juche, e coroar este ano histórico como marco de virada para o desenvolvimento da revolução sob a orientação do invencível Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, teve lugar de 8 a 10 de junho de 111 da era Juche (2022) na sala de reuniões da sede do CC do Partido a reunião ampliada da Ⅴ Sessão Plenária do Ⅷ Período desta instância partidária.

A reunião, convocada atraindo as expectativas e atenção de todos os militantes do Partido e habitantes do país, fez um balanço intermediário do estado de cumprimento das principais políticas do Partido e do Estado para o ano de 2022 que revestem importância fundamental para a implementação da resolução do Ⅷ Congresso do Partido.

Determinou, ademais, o rumo de trabalho e a orientação de luta do segundo semestre do ano e buscou os meios para os projetos de ação discutidos orientados a impulsionar enérgica e exatamente as importantes questões estatais.

Na ocasião, esteve presente o Secretário-Geral do PTC, Kim Jong Un.

Quando ele saiu à tribuna da sede da reunião, todos os reunidos o acolheram com estrondosas aclamações prestando máxima homenagem ao grande líder do PTC e destacado dirigente da revolução jucheana.

Participaram os membros do Presidium do Bureau Político do CC do PTC, os integrantes e outros suplentes do BP e do CC do PTC.

Participaram como observadores os funcionários dos departamentos do CC do Partido e os quadros responsáveis dos Ministérios, órgãos centrais, instituições diretivas de nível de província, cidades e condado e das importantes fábricas e empresas.

A presidência foi composta com os membros do BP do CC do Partido.

O BP encarregou o estimado camarada Kim Jong Un de presidir o encontro.

Antes de tudo, ele se referiu ao objetivo e importância da convocação da sessão plenária.

Disse que no primeiro semestre deste ano, acumularam-se experiências e lições importantes em todos os trabalhos do Estado mantendo com firmeza o rumo de luta para cumprir as tarefas indicadas na Ⅳ Sessão Plenária do Ⅷ Período do CC do Partido e superando tenazmente múltiplas dificuldades e a crise.

A severa situação, que se complicou com a chegada da grave crise sanitária, exige-nos examinar corretamente a atual conjuntura difícil e tomar ativamente as medidas que prevejam até as provas eventuais do futuro — apontou.

O objetivo e a importância da presente sessão plenária residem em fomentar e ampliar os êxitos positivos alcançados na luta do primeiro semestre para implementar as políticas do Partido e do Estado para o ano de 2022, atribuídas pela sessão plenária anterior, e corrigir os defeitos — precisou.

Igualmente, radicam em reforçar oportunamente a garantia científica de cumprimento das enormes tarefas propostas este ano, assim como despertar e mobilizar uma vez mais todo o Partido e todo o povo — ressaltou.

Seguem abaixo os itens da pauta propostos na ocasião:

1. O problema da organização;

2. Sobre o balanço intermediário do estado de cumprimento das principais políticas do Partido e do Estado para o ano de 2022 e as medidas correspondentes;

3. Sobre as tarefas para controlar a atual situação de profilaxia emergente e construir a capacidade profilática do Estado;

4. Sobre a emenda e complementação de alguns conteúdos dos Estatutos do Partido e seu glossário;

O encontro aprovou por unanimidade estes itens.

O 1º item da pauta, o problema da organização, foi discutido.

Foram destituídos e eleitos os membros e outros suplentes do CC do PTC e de seu BP, os secretários do CC do Partido, os membros da Comissão Militar Central do Partido e o presidente e membro da Comissão Revisora Central do Partido.

Igualmente, depôs e nomeou os chefes de departamento do CC do Partido e alguns quadros das instituições do governo.

Os membros suplentes do CC do Partido, Pak Ji Min, Pak Su Il e Choe Son Hui foram eleitos membros do CC do Partido e Jo Chun Ryong, Pak Hui Chol, Kim In Chol, Ri Chang Dae e Han Kwang Sang assumiram diretamente o mesmo posto.

Tornaram-se membros suplentes do CC do Partido Jang Chang Min, Kim Sun Chol, Sin Chang Nam, Ma Hyok Chol, Pak Hyong Ryol, Kwak Jong Jun, Ri Tu Il, Kim Tu Il, Kwak Yong Ho, Ryo Chol Ung, An Yong Hwan e Jon Sung Guk.

Os membros suplentes do BP do CC do Partido, Jon Hyon Chol e Ri Thae Sop ascenderam ao cargo de membro pleno do BP, e Pak Thae Song foi eleito diretamente para o mesmo cargo.

Jo Chun Ryong, Pak Su Il, Ri Chang Dae, Choe Son Hui e Han Kwang Sang foram eleitos membros suplentes do BP.

Kim Jae Ryong, Jon Hyon Chol e Pak Thae Song foram eleitos secretários do CC do Partido.

Tornaram-se novos membros da Comissão Militar Central do Partido Ri Thae Sop, Jo Kyong Chol, Pak Su Il e Ri Chang Ho.

Foram nomeados chefes de departamento do CC do Partido Jo Yong Won, Jo Chun Ryong, Jon Hyon Chol, Ri Chung Gil, Ri Son Gwon e Han Kwang Sang.

Kim Jae Ryong e Kim In Chol foram eleitos presidente e membro da Comissão Revisora Central do Partido, respectivamente.

Jon Sung Guk foi nomeado vice-premier e Choe Son Hui, Pak Hyong Ryol e Kwak Jong Jun como ministros das Relações Exteriores, da Indústria Alimentícia e do Comércio, respectivamente.

Ri Tu Il tornou-se presidente do Comitê Estatal de Ciências e Técnicas e Kim Tu Il foi nomeado chefe da Direção Política do Conselho de Ministros e secretário responsável de seu comitê partidário.

A sessão plenária deliberou e aprovou o projeto de realocação de alguns comandantes das instituições das forças armadas, apresentado pela Comissão Militar Central do PTC.

Ri Thae Sop e Jong Kyong Thaek foram nomeados chefes do Estado-Maior-Geral e da Direção Política Geral do Exército Popular da Coreia e Pak Su Il e Ri Chang Dae como ministros da Segurança Pública e da Segurança Estatal.

A reunião procedeu ao debate do 2º item “Sobre o balanço intermediário do estado de cumprimento das principais políticas do Partido e do Estado para o ano de 2022 e as medidas correspondentes”.

Kim Tok Hun, membro do Presidium do BP do CC do PTC, vice-presidente da Comissão de Assuntos Estatais e Primeiro-Ministro da RPDC, informou à sessão plenária o estado de trabalho do Estado no primeiro semestre para cumprir a política econômica disposta pela reunião anterior do plenário partidário.

Citando dados, listou os êxitos e defeitos reportados nesse empenho.

Em seguida, o chefe de departamento do CC do PTC, Ri Chol Man, informou à sessão plenária a situação das tarefas agrícolas deste ano.

O CC do Partido escutou e analisou esses relatórios e deu a avaliação correspondente.

O estimado camarada Kim Jong Un proferiu um discurso de conclusão sobre o 2º item da pauta.

Sobretudo, falou do avanço dado no semestre passado nas atividades políticas do Estado e sua administração, desenvolvimento e capacidade de reação e controle da crise.

Em várias oportunidades políticas do primeiro semestre do ano, demonstramos patentemente a todo o mundo o poderio irrefreável do socialismo do Juche ao fomentar a mentalidade de dar primazia à nossa ideia, nosso sistema e nosso Estado e consolidar ainda mais a unidade monolítica entre o Partido, o Estado e o povo — recordou e prosseguiu:

Frente a situação política internacional em brusca mudança e ao ambiente de segurança da Península Coreana que se mantém em conjuntura de tensão, tomamos as medidas responsáveis e indispensáveis para o respeito e, como resultado, deu-se um avanço histórico em reforçar a garantia da segurança nacional e a base de confiança nela.

No domínio da economia, tem-se trabalhado intensamente para cumprir a resolução da Sessão Plenária do CC do Partido, que insta a revitalizar a produção em geral e preparar a garantia de cumprimento do Plano Quinquenal e, por conseguinte, cresceu a produção em muitos setores e continua a tendência de ascensão da economia em seu conjunto.

Quanto ao cumprimento da política econômica do Estado, pode-se avaliar de êxito importante a manutenção segura da estabilidade e a velocidade de desenvolvimento sob a repentina situação de profilaxia emergente.

Embora tenha sido colocada em prática em escala nacional a medida de isolamento após a ascensão ao máximo do grau profilático do Estado, o setor da economia soube lidar com os distúrbios temporários e organizou e dirigiu escrupulosamente os trabalhos conforme a exigência da situação emergente, de maneira que se impulsionou tenazmente o cumprimento da política econômica.

Em um mês transcorrido desde a ativação do sistema profilático de emergência máxima, esse ramo desenvolveu a capacidade de reação à crise, passou pelo importante período de experimentação e fortalecimento que serviu para melhorar a habilidade de projetar e dirigir de maneira escrupulosa e acumulou experiências e lições importantes.

Assim como no ano passado, o setor de construção deu um bom impulso este ano à construção de uma grande avenida moderna e várias bases produtivas, que proporcionarão à população melhores condições e ambiente de vida, enquanto outros importantes objetos de construção estão prestes a serem inaugurados.

Obtiveram-se êxitos magníficos também na tarefa de remodelar e modernizar as bases industriais de importância nacional e criar o exemplo de desenvolvimento da indústria local, de acordo com a resolução da Ⅳ Sessão Plenária do Ⅷ Período do CC do Partido.

No ramo agrícola, deu-se enfoque ao cultivo de trigo e cevada e se impulsionaram de maneira simultânea e tenaz o combate à seca e as tarefas agrícolas primaveris, de modo que se evidenciaram o novo ponto de vista ideológico e o elevado ânimo de trabalhar com toda energia para implementar as políticas do Partido.

O Secretário-Geral disse que se fez mais firme a confiança de todo o povo na liderança e políticas do Partido e avaliou-o como valioso êxito político incomparável com nenhuma riqueza material. E expôs a vontade do Comitê Central do Partido de impulsionar energicamente o desenvolvimento multilateral mais rápido conduzindo ao triunfo todos os assuntos estatais.

Foram assinalados em seu discurso os desvios observados na execução das políticas partidárias e estatais no primeiro semestre e suas causas, e enumerados os meios e as medidas partidárias para corrigi-las.

O Secretário-Geral destacou a urgência de preparar novo ponto de virada na orientação e administração da economia por ocasião da presente sessão plenária e elucidou as tarefas para implementar incondicionalmente a política econômica do Partido e do Estado para o segundo semestre.

Ensinou em detalhes o rumo de trabalho das indústrias-chave como a metalúrgica, a química, a elétrica e a carbonífera para o segundo semestre e as providências de execução.

Apresentou a agricultura e a produção de bens de consumo como a maior prioridade das tarefas econômicas deste ano.

Fez referência aos meios práticos para impulsionar com energia a implementação da política agrícola do Partido, entre outros, levar a bom termo o cultivo de trigo e cevada da primeira colheita para que surta efeito desde o primeiro ano a nova orientação do Partido sobre a revolução agrícola; completar os preparativos prévios para proteger em todo o possível as plantações agrícolas dos desastres naturais; elevar o nível científico da adubação e do cuidado; aumentar a proporção de mecanização das tarefas agrícolas; intensificar a orientação científica sobre as gestões agrícolas e potenciar o apoio estatal a este ramo.

Deu-se ênfase às medidas realistas para facilitar substancialmente as condições de vida da população ao implantar com dinamismo a campanha de produção e a luta por seu aumento na indústria leve sob o princípio priorizar a satisfação das necessidades de vida do povo.

Incumbe ao ramo de construção a tarefa combativa de manifestar a todo o mundo o temperamento do socialismo ao estilo coreano mediante o cumprimento incondicional e consecutivo das obras importantes planejadas este ano — apontou o discurso.

Tratou do problema de fazer com que o Conselho de Ministros, as províncias, as cidades e os condados cumpram sem falta a tarefa do primeiro ano da construção de habitações rurais que iniciou em grande dimensão neste ano, de modo que os trabalhadores agrícolas confirmem com os próprios olhos a justeza e a vitalidade do programa do nosso Partido em matéria da construção rural socialista.

Igualmente, foram abordados o tema de prestar atenção estatal a aumentar rapidamente o poderio das ciências e tecnologias tomando-as como linha vital para o desenvolvimento da economia e o de inovar decisivamente a administração econômica, etc.

O Secretário-Geral deu ênfase especial à adoção de uma visão correta sobre a educação no momento atual.

A educação não é um trabalho de efeitos imediatos, mas um trabalho perspectivo e os esforços dedicados ao respeito fundamentam o desenvolvimento posterior — disse e insistiu em intensificar a direção e ajuda estatais pela revolução educacional, inclusive a direção partidária e política sobre este setor e a orientação técnica sobre os conteúdos didáticos.

Apresentou o rumo de trabalho dos ramos de literatura e arte e de imprensa e informação ressaltando sua importância em incentivar a marcha de todo o povo deste ano que acompanha as provas inauditas, e fazer reinar o ímpeto revolucionário de materialização das políticas partidárias em todos os domínios da construção socialista.

Além disso, defendeu seguir canalizando muitas forças para o fortalecimento do potencial de defesa nacional.

Hoje, o ambiente de segurança do nosso Estado é muito sério e a situação do entorno corre o risco de piorar ainda mais — assinalou e acrescentou que tal conjuntura urge alcançar com mais adiantamento a meta de aumento da capacidade da defesa nacional.

Dizendo que o direito à autodefesa é precisamente a defesa da soberania nacional, reiterou o princípio de luta do nosso Partido de responder à intransigência com a intransigência e alcançar a vitória no confronto frontal sem retroceder nem um passo na defesa da soberania nacional.

E apresentou as tarefas combativas que a serem levadas adiante a todo custo pelas forças armadas da RPDC e o setor de pesquisa da defesa nacional.

Esclareceu os princípios e orientações estratégicas e táticas a serem mantidos na luta contra o inimigo e no trabalho com o estrangeiro.

Depois, foi feita análise e balanço rigoroso sobre luta contra os fenômenos opostos e alheios ao socialismo, travada no primeiro semestre, e foram apresentados os problemas de princípios para seguir fortalecendo-a.

Foram indicados os rumos de trabalho para alcançar êxitos inovadores ao elevar a responsabilidade, o papel e a capacidade organizativa das filiais a todos os níveis do Partido e seus funcionários e tornar substancial a direção partidária sobre as questões econômicas.

O Secretário-Geral apontou que é preciso abrir nova conjuntura de desenvolvimento vigoroso do Estado e fazer todo o possível para cumprir perfeitamente todos os trabalhos deste ano no ritmo de desenvolvimento planejado considerando o período de provas severas inauditas como uma oportunidade para se tornar mais forte e hábil e dando provas da firme vontade e do tenaz empenho.

Ao finalizar o discurso de conclusão, chamou a mobilizar tudo para alcançar satisfatoriamente as metas deste ano significativo tendo presente que o cumprimento do plano da economia nacional significa a fidelidade e o serviço abnegado ao Partido e ao povo.

Todos os participantes expressaram com efusivos aplausos o pleno apoio ao discurso de conclusão que esclarece a estratégia de luta para elevar ao máximo a liderança e a combatividade do Partido de acordo com a exigência da revolução em desenvolvimento, superar com seu poderio absoluto todos os obstáculos e dificuldades existentes e impulsionar energicamente o processo de desenvolvimento integral do socialismo.

A conclusão programática do Secretário-Geral serve de valioso programa de execução e poderosa bandeira combativa por ter apresentado a orientação de luta mais acertada e os meios científicos para converter a situação severa em uma boa oportunidade para o fortalecimento das forças próprias e internas e dar um avanço notável no ano de 2022, importante período para o cumprimento do Plano Quinquenal de desenvolvimento e mudança.

Em seguida, o evento discutiu o 3º item da pauta “Sobre as tarefas para controlar a atual situação de profilaxia emergente e construir a capacidade profilática do Estado”.

O Secretário-Geral apresentou um relatório especificando os meios estratégicos e táticos para recuperar a estabilidade após eliminar definitivamente a crise epidêmica e acelerar a construção da capacidade profilática do Estado e a de sua reação às crises.

Referiu-se ao propósito de abordar como um ponto independente da pauta da presente sessão plenária o tema da profilaxia que já foi discutido em várias reuniões importantes do Partido após o surto do vírus maligno em escala mundial.

Dado que a campanha profilática estatal superou o inesperado momento crítico e passou da etapa centrada no bloqueio à nova de bloqueio e erradicação paralelos, a tarefa urgente que corresponde ao nosso Partido e Estado é corrigir o mais rápido possível os defeitos e vícios existentes no mesmo trabalho e adotar as medidas decisivas para o aumento da capacidade antiepidêmica do país — ressaltou.

Insistiu em examinar geral e exatamente a campanha profilática estatal e elaborar e praticar a política mais aprofundada e desenvolvida desta matéria para garantir com firmeza a construção socialista e a segurança da administração estatal e oferecer à população um ambiente profilático confiável.

Depois de falar da necessidade e urgência de potencializar a base sanitária do país e acelerar a construção da capacidade profilática estatal, instruiu a analisar e fazer balanço profundamente do ponto de vista crítico e aspirante ao desenvolvimento sobre os vícios e erros cometidos em cada setor no período de profilaxia de emergência máxima e promover de maneira mais científica e revolucionária o projeto de reajustar e reforçar o sistema estatal de trabalho como o capaz de fazer frente à crise profilática.

Propôs as importantes tarefas e meios a serem cumpridos incondicionalmente pelo Conselho de Ministros, as direções de profilaxia emergente, o setor de saúde pública, as instituições judiciais e fiscais e as de segurança pública e estatal com vistas a acabar com a crise epidêmica e recuperar a estabilidade profilática.

A política profilática só pode triunfar com a combinação do rigor com o caráter científico e avançado — disse e instruiu a renovar constantemente o sistema e os métodos correspondentes.

Assinalou que a campanha profilática de nosso país não se baseia em aparelhos institucionais ou meios técnicos e materiais, mas na unanimidade de vontade dos habitantes, e que só se pode conseguir a grande vitória com o apoio nas massas populares e a incorporação de todas elas.

Exigiu às organizações partidárias a todos os níveis desenvolver com dinamismo a campanha ideológica para mobilizar todo o povo para a batalha profilática e dirigi-la com toda responsabilidade.

Ratificou que se antecipará a vitória da guerra antiepidêmica de hoje se todas as células partidárias buscarem com iniciativa o que lhes cabe fazer na atual crise epidêmica e conduzirem seus integrantes a cumprir seu dever e responsabilidade coordenando os pensamentos e ações.

Os funcionários devem conduzir os militantes partidários e as amplas massas pondo-se sempre à frente da campanha profilática e tomar as medidas oportunas averiguando corretamente em campo o estado de operação do sistema de profilaxia emergente — indicou.

Enfatizou repetidamente que, na atual batalha profilática, as organizações partidárias devem demonstrar sua insubstituível capacidade organizacional e liderança e fazer do processo de superação da atual crise o de fortalecimento de si mesmas.

Deu ênfase em superar exitosamente a atual crise profilática e impulsionar energicamente ao mesmo tempo a construção da capacidade profilática do Estado.

A capacidade profilática estatal que nos propomos a construir é o todo integral do duradouro sistema e disciplina de trabalho, do pessoal técnico, da base material e das potencialidades, o que permitirá controlar e eliminar com iniciativa e estabilidade qualquer crise sanitária que assole o país — precisou.

O Secretário-Geral resumiu e analisou as valiosas experiências e lições adquiridas na preservação da segurança profilática durante mais de 2 anos sob a política de estilo coreano a este respeito e na operação do sistema de emergência máxima. Asseverou que todas as políticas e orientações antiepidêmicas implementadas até agora e as medidas que puseram em prática o Partido e o governo servem de grande recurso inicial para a construção da capacidade antiepidêmica do Estado.

E apresentou a meta imediata e a perspectiva para o reforço da base técnica e material da profilaxia do Estado e os meios detalhados para alcançá-las.

Avaliou que a atual guerra profilática se torna um motivo para obter as preciosas experiências e a estratégia com que se poderá defender fidedignamente a segurança do Estado e do povo em qualquer crise sanitária do futuro. E instruiu a trazer um milagre nunca antes visto pelo mundo na tarefa de recuperar a estabilidade profilática ao intensificar ainda mais os trabalhos partidários, os econômicos e a assistência médica para que se manifestem plenamente o poderio organizativo da sociedade coreana e a superioridade do regime de saúde pública socialista.

Exortou com veemência a defender firmemente a saúde e tranquilidade do povo apreciado ao organizar e desdobrar de maneira minuciosa, hábil e substancial o trabalho profilático de emergência com a convicção e coragem e dar bom impulso à construção da capacidade profilática do Estado e a de sua reação a crise.

Escutando o relatório do Secretário-Geral, todos os reunidos redobraram a decisão de colocar em pleno jogo seu empenho, coragem, capacidade e inteligência na primeira linha da frente profilática com grande senso de responsabilidade e fidelidade à revolução e o espírito de serviço incondicional e abnegado ao povo.

Seguindo a ideia e o espírito do discurso de conclusão e do relatório do Secretário-Geral, a reunião organizou as reuniões de estudo e consulta por seções para delinear as medidas científicas orientadas a executar cabalmente as tarefas de luta para 2022 indicadas pela Ⅳ Sessão Plenária do Ⅷ Período do CC do PTC.

Os membros do BP do CC do Partido e de seu Presidium dirigiram essas reuniões divididas em 9 seções onde foram discutidas profundamente as tarefas indicadas no projeto de resolução e foram apresentados muitos projetos construtivos em um ambiente marcado pela posição séria e mobilizada e o elevado entusiasmo dos participantes.

Jo Yong Won, membro do Presidium do BP e secretário de organização do CC do PTC, informou ante a sessão plenária as opiniões recolhidas pelo grupo de elaboração do projeto de resolução.

Finalmente, a reunião deliberou as opiniões sintetizadas e aprovou por unanimidade a resolução do 2º item da pauta “Sobre o reajuste de algumas tarefas políticas principais do Partido e do Estado para 2022” e a outra do 3º item “Para tomar as medidas decisivas com vistas a aumentar consideravelmente a capacidade profilática do Estado”.

O encontro passou ao debate do 4º item “Sobre a emenda e complementação de alguns conteúdos dos Estatutos do Partido e seu glossário”.

Os membros do órgão de direção central do Partido concordaram que os conteúdos submetidos à consideração têm suma importância para melhorar a combatividade e liderança do Partido e consolidar sua base organizativa-ideológica.

Na ocasião foi aprovada a resolução correspondente mediante votação favorável de todos os participantes.

O Secretário-Geral proferiu as palavras de encerramento.

Ele disse que os planos progressistas e inovadores estabelecidos nesta reunião ampliada refletem a confiança em nós mesmos, o ânimo redobrado e a firme vontade dos integrantes do órgão de direção central do Partido que se levantaram com valentia em correspondência às exigências do Partido e da revolução sem vacilação alguma ante a crise nacional sem precedentes. E estendeu uma saudação de estímulo combativo a eles e, por seu intermédio, às organizações e militantes de todo o Partido.

A tarefa importante que se apresenta a nos hoje é a ordem suprema que o povo deu ao Partido e ao governo — apontou e expôs a esperança e convicção de que todos os membros do órgão de direção central do Partido alcançarão vitórias fulminantes nas duas frentes da construção socialista e da campanha antiepidêmica colocando-se à frente das fileiras em avanço, após aceitar seriamente suas responsabilidades e deveres assumidos perante o Partido, a revolução, a pátria e o povo.

A reunião ampliada da Ⅴ Sessão Plenária do Ⅷ Período do CC do PTC, realizada em um clima marcado pela alta disposição revolucionária de todos os participantes, concluiu com êxito seu trabalho jurando permanecer sempre fiel à ideia revolucionária e causa do Presidente Kim Il Sung e do Dirigente Kim Jong Il.

O evento será registrado com letras douradas nos anais da revolução do Juche como um acontecimento de luta e avanço que demonstrou uma vez mais o atributo revolucionário e o indomável ímpeto combativo do PTC que forja corajosamente a nova era de potência próspera e a de desenvolvimento integral do socialismo tomando como linha vital a ideia revolucionária e a direção única do CC do Partido e valendo-se da invencível força motriz consolidada em meio a provas.

Os textos completos do discurso programático de conclusão e o relatório do estimado camarada Kim Jong Un serão impressos na Editora do PTC e distribuídos às organizações de diferentes níveis de todo o Partido.

Leave a Reply

Your email address will not be published.