Kim Tok Hun visita a Direção Meteorológica e Hidrológica e o Comitê Estatal de Desastres de Emergência

Pyongyang, 29 de junho (ACNC) — Kim Tok Hun, membro do Presidium do Bureau Político do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, vice-presidente da Comissão de Assuntos Estatais e Primeiro-Ministro da República Popular Democrática da Coreia, averiguou em campo no dia 28 as gestões da Direção Meteorológica e Hidrológica e do Comitê Estatal de Desastres de Emergência devido ao início da estação chuvosa.

Tomando conhecimento detalhado da observação meteorológica na primeira entidade, o Premier destacou a importância de uma previsão meteorológica exata e rápida para garantir o bom cumprimento do plano de produção de cereais deste ano e de outras tarefas políticas do Estado para o segundo semestre, apresentadas pela Ⅴ Sessão Plenária do Ⅷ Período do CC do PTC.

Instruiu a elevar o nível científico da previsão e análise das mudanças climáticas e suas influências de acordo com as diferentes condições meteorológicas e climáticas de cada ano e, assim, contribuir para minimizar em todo o possível os danos ​​​​por tufões, chuvas torrenciais e outros fenômenos desastrosos.

No segundo destino, Kim ensinou que todos os setores e entidades, de pé na campanha para prevenir perdas pelas chuvas, devem reagir com celeridade aos casos emergentes, tomando como questão-chave a defesa da vida e segurança da população, e organizar escrupulosamente o trabalho para proteger os bens do Estado e normalizar as atividades econômicas.

Insistiu na necessidade de estabelecer um ordenado sistema e disciplina de trabalho com vista a controlar de forma estável todas as crises sob o comando unificado do Estado e assegurar o fornecimento dos meios e materiais necessários para enfrentá-las.

Nas reuniões consultivas convocadas em campo, foram abordados os problemas tais como fomentar a cooperação entre o ramo de observação meteorológica e o agrícola, elevar a responsabilidade e a capacidade de comando operacional dos encarregados da prevenção de desastres naturais, aperfeiçoar o sistema de informação de inundações, etc. e foram tomadas as medidas correspondentes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *