Incidente de transmissão de COVID-19 em Tianjin causado por objetos infectados

Pequim, 2 de setembro (ACNC) — De acordo com Huan Qiu Network da China, a COVID-19 se proliferou recentemente em 51 ruas de 14 distritos da cidade de Tianjin.

A este respeito, o presidente do Centro da Cidade de Tianjin para a Prevenção e Controle de Doenças informou no dia 1º a situação de transmissão da epidemia na cidade e sua causa.

Em 25 de agosto, foram relatados casos de contágio entre os jogadores do Estádio de Futebol Zhongbang e se espalharam para seus familiares e cidadãos através dos restaurantes.

De acordo com o resultado do teste, a disposição dos genes do primeiro contagiado não difere quase nada da variante de COVID-19 que atingiu recentemente a Coreia do Sul.

O vírus causador da epidemia foi detectado no alimento refrigerado importado da Coreia do Sul que foi encontrado na casa do infectado.

O presidente do referido centro disse que através da investigação epidemiológica, foi esclarecida no principal a cadeia de transmissão da epidemia. Acrescentou que é muito provável que a causa do presente incidente esteja no produto importado da Coreia do Sul.

Em março e abril, foram tomadas as medidas emergentes na cidade de Pequim, na de Shaoxing da província de Zhejiang, na de Changzhou da província de Jiangsu e na de Dalian da província de Liaoning, da China, ao detectar-se o vírus maligno nas roupas e matérias-primas importadas da Coreia do Sul.

Em 3 de agosto, a Administração Geral da Alfândega da China publicou a suspensão temporária da importação de tangerinas e peixes refrigerados de Taiwan porque um organismo nocivo e coronavírus foram observados na parte externa de sua embalagem.

No final de junho, as autoridades de Macau tomaram a mesma medida sobre a manga proveniente de Taiwan.

Assim, foi criado várias vezes na China a crise de proliferação da epidemia por contato com as superfícies de objetos.

No dia 1º de julho, a Organização Mundial da Saúde havia esclarecido que as pessoas podem ser contagiadas quando tocam seus olhos, narizes e bocas com as mãos que tiveram contato com superfícies ou coisas contaminadas pelo vírus.

O presente incidente de contágio na cidade de Tianjin é uma amostra evidente disso, que exige redobrar a vigilância sobre as coisas provenientes do exterior e esterilizá-las consequentemente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.