CelebraçãoCoreia do Norte

Grande celebração pelo Ano Novo 2024 é oferecida na presença de 𝐊𝐢𝐦 𝐉𝐨𝐧𝐠 𝐔𝐧

Pyongyang, primeiro de janeiro (ACNC) — O Ano Novo 113 da era Juche (2024) chegou à pátria socialista que escreve a epopeia da grande potência avançando para implementar o programa de luta apresentado pelo Ⅷ Congresso do PTC e alcançar as metas ambiciosas pela prosperidade da RPDC e o bem-estar do povo.

No momento de se despedir o ano 2023, todos os habitantes do país fazem balanço convencidos do futuro maravilhoso desse ano glorioso, que se registrou com letras douradas nos anais da pátria como o de grandes mudanças, e expressam a veneração e confiança no grande PTC que é bandeira, organizador e orientador de todas as vitórias e glórias.

Realizou-se com solenidade no Estádio Primeiro de Maio da capital a grande função pelo Ano Novo 2024.

O local da gala artística estava cheio de orgulho e júbilo dos espectadores que recordam com profunda emoção toda a trajetória do ano em que conseguiram os acontecimentos surpreendentes superando todas as dificuldades unidos compactamente em torno do PTC.

Os patinadores, os acrobatas e os amantes de patinação demonstraram movimentos elegantes e habilidosos sobre o gelo dando matiz original ao prelúdio da acolhida do Ano Novo. A prestigiosa banda de tamborileiras levou ao clímax o ambiente festivo.

Realizou-se a cerimônia de hasteamento da bandeira nacional da RPDC.

Os participantes prestaram homenagem à sagrada bandeira nacional.

O estimado camarada Kim Jong Un, Secretário-Geral do PTC e Presidente do Assuntos Estatais da RPDC, assistiu à função com os quadros do Partido e do governo.

Enquanto se interpretava a música de boas-vindas, ele saiu à tribuna com sua respeitável filha e esposa.

Todos os participantes aclamaram o Secretário-Geral do PTC, símbolo do poderio e heroísmo da Coreia do Juche e representante da grande dignidade e honra, que, com sua extraordinária liderança e capacidade política, levou ao plano cimeiro do século o poderio e prestígio da RPDC e forja nova era de prosperidade em que se cumpre a obra pelo país próspero e o exército poderoso com a autoestima, o autossustento e a autodefesa.

Ele respondeu com sua mão levantada às aclamações da multidão e dirigiu votos cordiais a todos os espectadores e queridos habitantes do país que acolhem o Ano Novo.

Tomaram assentos Kim Tok Hun, Jo Yong Won, Choe Ryong Hae e Ri Byong Chol, membros do Presidium do Bureau Político do CC do PTC, e outros quadros diretivos do Partido e do governo e os funcionários dos órgãos das forças armadas.

Assistiram à gala artística os participantes na Ⅸ Sessão Plenária do Ⅷ Período do CC do PTC e nas festividades do Ano-Novo, os cidadãos da capital, os oficiais e soldados do EPC e os alunos de escolas revolucionárias.

Destacavam-se também os membros do Corpo Diplomático na Coreia.

Atuaram na ocasião os artistas dos conjuntos artísticos renomados como o Coro Benemérito Estatal e o Conjunto Artístico Wangjaesan, os matriculados das instituições de educação de arte, os patinadores e as crianças da capital.

Na função iniciada com o prelúdio “Cantamos do Partido”, apresentaram-se as peças de diferentes gêneros como as canções famosas da época que elogiam o PTC que aglutina todo o povo coreano sob a bandeira de patriotismo e conduz o socialismo coreano à ascensão e desenvolvimento geral.

À 0 hora do 1º de janeiro, ressoou o badalar do sino anunciador do ano novo, acendeu-se a tocha da festa e lançaram-se os fogos de artifício ao céu da capital.

O Secretário-Geral e os quadros diretivos do Partido e do governo receberam os cumprimentos do Ano Novo que lhes dirigiam as crianças entregando-lhes os ramos de flores.

A sede do espetáculo estava repleta de felicidade e emoção por acolher o Ano Novo na presença do generoso Pai da grande família socialista.

A gala artística terminou com as músicas de epílogo “Caia a neve do Ano Novo”, “Não invejamos nada no mundo” e “Nossa bandeira nacional”, redobrando o fervor revolucionário e ânimo de luta de todos os habitantes coreanos para avançar ao futuro maravilhoso do nosso grande Estado com o poder da unidade monolítica, baseada na fidelidade e patriotismo, sob a orientação do grande CC do Partido.

Terminada a função, voltaram a estremecer os vivas ao Secretário-Geral e lançaram-se os fogos de artifício ao céu noturno.

Assim, a última noite do velho ano foi belamente decorada e o prelúdio do Ano Novo foi magnificamente aberto.

Em vídeo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *