Coreia do NorteExércitoMilitarRelações Intercoreanas

Exercício de golpe nuclear tático do EPC em resposta a ensaio bélico EUA-sul-coreano

Pyongyang, 31 de agosto (ACNC) — O Estado-Maior-Geral do Exército Popular da Coreia fez pública no dia 30 a seguinte informação:

A esquadrilha de bombardeiros estratégicos nucleares B-1B, introduzida pelos imperialistas norte-americanos nos céus sobre os Mares Leste e Oeste da Coreia, realizou um exercício militar conjunto com as esquadrilhas de ataque contra a RPDC juntamente com os caças dos gângsteres militares da “República da Coreia”.

O exercício militar constitui uma séria ameaça para o país, uma vez que ocorreu durante o clímax do ensaio aventureiro de guerra de agressão dos inimigos “Ulji Freedom Shield”, segundo o evidente intento de ataque preventivo nuclear contra a RPDC.

Ao publicar este fato na imprensa, os inimigos anunciam com alarde que se trata de uma “demonstração de execução do dissuasivo ampliado” contra o país. Isso é o mesmo que publicar ao mundo que estão levando à prática o ataque preventivo nuclear contra a RPDC, considerando-o como fato consumado.

Em resposta, o Exército Popular da Coreia realizou um exercício de golpe nuclear tático na noite do dia 30, que supõe a devastação das importantes bases de comando e aeroportos operacionais dos gângsteres militares da “República da Coreia”. Tal ação militar foi realizada pela unidade de operação de armas nucleares táticas da zona ocidental do EPC. Os efetivos operadores de mísseis dispararam 2 mísseis balísticos táticos em direção ao nordeste do Aeroporto Internacional de Pyongyang e cumpriram exatamente a missão de golpe nuclear ao explodi-los na altura pré-estabelecida de 400 metros do espaço aéreo sobre a ilhota alvo.

Este treinamento teve como objetivo enviar um claro sinal aos inimigos que desafiaram nosso repetido aviso com um ato de ameaça militar, ou seja, o desdobramento de propriedades estratégicas, e fazê-los compreender claramente nossa vontade de retaliação completa e capacidade de vingança real.

O EPC nunca ficará de braços cruzados diante dos movimentos imprudentes das forças norte-americanas e dos gângsteres militares da ‘República da Coreia’.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *