Coreia do SulCulturaHistória

Descobertos ruínas e vestígios da era neolítica e da de Bronze

Pyongyang, 25 de dezembro (ACNC) — Foram descobertos as ruínas e vestígios da era neolítica e da de Bronze no bairro Kanggu da cidade de Hyesan da província de Ryanggang.

O Instituto de Arqueologia da Academia de Ciências Sociais e a Agência de Conservação de Patrimônios Nacionais da Coreia da Direção de Preservação de Patrimônios Nacionais (DPPN) realizaram a pesquisa e escavação gerais sobre a área em questão.

Neste processo foram escavados 263 relíquias de 17 espécies desde os 2 solares de lar da era neolítica e os 4 da de Bronze.

Os solares em forma de cave/porão/adega têm 6.5 metros de comprimento, 5 metros de largura e 0.25 metros de profundidade, aproximadamente, e foram construídos cavando o chão e erguendo pilares de madeira.

Descobriram-se de lá os pedaços de vasos de barro e utensílios de pedra e osso feitos na segunda metade da era neolítica (há 6 mil anos) e da de Bronze (há 4 mil anos).

Os vestígios recém-descobertos corrigem a opinião de que a nação coreana havia se estabelecido na zona do monte Paektu há 3 mil anos, tempo inicial da idade de ferro.

Após deliberar o resultado de pesquisa sobre as novas relíquias e vestígios, a Associação de Arqueólogos da República Popular Democrática da Coreia reconheceu que os solares correspondem à segunda metade da era neolítica e da de Bronze e avaliou que esta descoberta de grande importância arqueológica testemunha pela primeira vez que já há 6 mil anos os antepassados coreanos haviam vivido nos arredores do monte Paektu, ancestral da Coreia e a origem da nação coreana com longa história e cultura.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *