Coreia do NorteDiplomacia

Delegação chinesa visita Monumento à Amizade e Fazenda de Amizade Coreia-China

Pyongyang, 10 de setembro (ACNC) — A delegação do Partido e do governo da República Popular da China, encabeçada por Liu Guozhong, membro do Bureau Político do Comitê Central do Partido Comunista da China e vice-premier do Conselho de Estado, visitou, no dia 9, o Monumento à Amizade.

Acompanharam-na nesta ocasião o subchefe de departamento do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, Mun Song Hyok, o vice-Ministro das Relações Exteriores Pak Myong Ho e o embaixador extraordinário e plenipotenciário chinês na Coreia, Wang Yajun.

No local, estavam enfileirados os guardas de honra do Exército Popular da Coreia.

Os hinos nacionais da RPCh e da RPDC foram interpretados.

Um cesto de flores em nome da delegação chinesa foi depositado diante do monumento.

As dedicatórias “Serão imortais os mártires do Corpo de Voluntários do Povo Chinês” liam-se em sua fita.

Os participantes guardaram um minuto de silêncio em memória dos mártires do Corpo de Voluntários do Povo Chinês.

Percorrendo o interior do monumento, constataram novamente o caráter invariável e inquebrantável da amizade Coreia-China, estabelecida como laços sanguíneos no cumprimento da causa comum pela independência anti-imperialista e pelo socialismo e consolidada com a amizade combativa.

Liu Guozhong assinou no livro de visitas o seguinte: “Serão imortais os mártires do Corpo de Voluntários do Povo Chinês e eterna a amizade China-Coreia”.


Acompanhados por Mun Song Hyok, pelo vice-presidente do Comitê Coreano de Relações Culturais com o Exterior e titular da Associação de Amizade Corea-China, Pak Kyong Il, e pelo embaixador extraordinário e plenipotenciário Wang Yajun e outros membros da sede diplomática chinesa na Coreia, a delegação chinesa visitou a Fazenda de Amizade Coreia-China de Thaek-am do distrito de Sunan.

Escutando as explicações sobre o histórico da fazenda que veio alcançando década após década e século após século um desenvolvimento incessante como símbolo de amizade entre os povos da Coreia e China, percorreram com profunda emoção a casa visitada pelo Presidente Kim Il Sung junto com o Premier Zhou Enlai em 19 de fevereiro de 47 da era Juche (1958), a sala de amizade Coreia-China e outros pontos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *