📌 Coreia faz lançamento de teste do míssil balístico intercontinental Hwasongpho-17; Kim Jong Un declara que responderão aos EUA à altura

Responder da mesma forma às armas nucleares e ao confronto direto
PTC expõe solenemente a vontade que mantém invariavelmente no tratamento com o inimigo
Estimado camarada Kim Jong Un lidera o lançamento de teste do novo ICBM das forças estratégicas da RPDC
Pyongyang, 19 de novembro (ACNC) — Quando a estratégia do Partido do Trabalho da Coreia e do governo da RPDC de dar prioridade à construção da defesa nacional, visando aumentar continuamente o dissuasivo nuclear absoluto e superpotente, é rigorosamente implementada, foi realizado nesse dia 18 o disparo de teste do míssil balístico intercontinental de novo modelo das forças estratégicas da RPDC.

Este lançamento foi levado a cabo resolutamente sob a circunstância intolerável em que se excede o frenesi de confronto militar dos EUA e das forças hostis, que levam persistentemente a situação político-militar da Península Coreana ao limite perigoso, e são justificadas inclusive no cenário da ONU as mentiras hipócritas e bandidescas que descrevem cada caso como ação provocativa até o exercício do direito à autodefesa por parte de um Estado soberano.

Foi dirigido em campo pelo estimado camarada Kim Jong Un, Secretário-Geral do PTC e Presidente dos Assuntos Estatais da RPDC.

Presenciaram-no junto com ele os quadros importantes do CC do PTC, Jo Yong Won, Ri Il Hwan, Jon Hyon Chol, Ri Chung Gil, Kim Jong Sik e outros.

O estimado camarada Kim Jong Un foi recebido no local pelo coronel-general Jang Chang Ha, os funcionários diretivos do setor de pesquisa científica da defesa nacional e os comandantes da companhia Bandeira Vermelha.

O teste teve por objetivo verificar a confiabilidade e a segurança operacional do sistema de armamento.

O novo ICBM tipo “Hwasongpho-17”, disparado do Aeroporto Internacional de Pyongyang, voou uma distância de 999,2㎞ em 4.135 segundos, atingindo a altitude máxima de 6.40,9㎞ e caiu exatamente nas águas abertas previstas do Mar Leste da Coreia.

Através do resultado do disparo experimental, foram comprovadas com clareza a credibilidade do novo e importante sistema de armamento estratégico, que representará as forças estratégicas do Estado, e sua formidável atuação em combate como arma estratégica mais poderosa do mundo.

Falando palavras de estímulo pelo teste bem-sucedido, o Secretário-Geral observou que pôde confirmar mais uma vez que as forças armadas nucleares da RPDC adquiriram outra capacidade confiável e poderosa que pode deter qualquer ameaça nuclear.

Ultimamente, torna-se aberta a ameaça militar dos EUA e das forças hostis nos arredores de nosso Estado e esta situação extremamente perigosa nos urge mais forte a acelerar a melhoria substancial e esmagadora do dissuasivo nuclear — especificou.

Enfatizou a necessidade de tomar ações mais evidentes sob a situação atual para que os EUA, a cambada de sul-coreanos e outros satélites saibam que suas respostas militares contra o nosso país significam a autodestruição e se vejam obrigados a reconsiderar uma opção sensata para melhorar o ambiente seguro para eles mesmos.

É necessário deixar claro a vontade do PTC e do governo da RPDC de retaliar contra os insanos exercícios de guerra agressivos dos inimigos que estão tentam quebrar a paz e a estabilidade da Península Coreana e da região — afirmou e acrescentou que enquanto os imperialistas dos EUA se comportarem com mais arrogância militar na Península Coreana e seus arredores, concentrando-se no “reforço da oferta de dissuasivo ampliado” aos seus aliados e nos treinamentos de guerra, as respostas militares da RPDC assumirão um caráter cada vez mais ofensivo.

Esclareceu solenemente que se os inimigos continuarem exercendo a ameaça, introduzindo constantemente os meios de ataque nuclear, o PTC e o governo da RPDC responderão resolutamente da mesma maneira à arma nuclear e ao confronto direto.

Reenfatizando a estratégia de construção da defesa nacional do PTC, consistente em expandir e seguir ampliando e fortalecendo mais as armas nucleares estratégicas, instruiu ao setor de pesquisa científica deste ramo dar mais vigor ao desenvolvimento de armas estratégicas ao estilo coreano, e às unidades de ICBM e todas as operadoras de armas nucleares táticas a intensificar o treinamento com alta vigilância para poder cumprir perfeitamente sua importante missão estratégica em qualquer circunstância e a qualquer momento.

Todos os funcionários e cientistas do ramo e as tropas da unidade de armas nucleares estratégicas juraram absoluta veneração e fervente fidelidade ao Secretário-Geral que acudiu junto com sua amada filha e esposa ao campo do histórico lançamento de teste que marcará um importante marco para o aumento das forças armadas nucleares da RPDC, estimulou aqueles dirigindo pessoalmente todo o curso do teste e iluminou o caminho da vitória eterna, dando maior alento e ânimo à marcha vigorosa para aprimorar as forças nucleares estratégicas do Estado, e tomaram a firme decisão de defender sempre o Partido, a revolução, a pátria e o povo ao acelerar a construção das poderosas forças estratégicas do país e tornar mais forte o armamento nuclear.


Em vídeo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *