Coreia do Norte

Coreanos recordam 𝐊𝐢𝐦 𝐉𝐨𝐧𝐠 𝐈𝐥 nos 12 anos de seu falecimento

Pyongyang, 18 de dezembro (ACNC) — Por ocasião do 12º aniversário do falecimento do Dirigente Kim Jong Il (17 de dezembro), todos os habitantes do país e os oficiais e soldados do Exército Popular recordaram com reverência o grande homem sem igual, força eterna e bandeira de vitória da Coreia poderosa.

Nesse dia de máxima recordação nacional, os habitantes, oficiais e soldados do Exército Popular e os jovens e crianças prestaram homenagem aos grandes Líderes Kim Il Sung e Kim Jong Il diante de seus retratos sorridentes na praça do Palácio do Sol Kumsusan, lugar sagrado do Juche, onde seus corpos são conservados.

Os funcionários, trabalhadores, oficiais e soldados do Exército Popular, jovens e estudantes em todo o país prestaram tributo ao Presidente Kim Il Sung e ao Dirigente Kim Jong Il diante de suas estátuas de bronze e imagens sorridentes, erguidas nos respectivos locais.

Aos pés das estátuas de bronze na colina Mansu da capital, foram colocados ramos e cestos de flores em nome dos órgãos do Partido, do Poder e das forças armadas, entidades sociais, ministérios, instituições centrais, e das unidades do Exército Popular da Coreia e das Forças de Segurança Pública, bem como organismos, empresas, fábricas, universidades e outras entidades de diferentes níveis nesta capital.

Depositaram ali os ramos de flores o representante e os integrantes da sucursal da Frente Democrática Nacional Antiimperialista em Pyongyang.

As cerimônias de homenagem tiveram lugar também diante das estátuas de bronze dos grandes Líderes e suas imagens sorridentes na Universidade Kim Il Sung, no Ministério da Defesa Nacional e outros lugares desta capital e diferentes localidades do país.

Os funcionários, militantes do partido, trabalhadores, militares, estudantes e jovens assistiram em seus centros de trabalho, postos militares e lares aos documentários alusivos à grandeza e virtudes do líder predecessor e redobraram a vontade de enaltecer para sempre e materializar consequentemente seus legados.

Ocorreram na Casa Central dos Trabalhadores e outros lugares os atos de lembrança dos trabalhadores para elogiar a nobre vida e proezas indeléveis do Dirigente Kim Jong Il.

Os oradores sublinharam que graças ao abnegado patriotismo do líder antecessor que trabalhou incansavelmente pela pátria e pelo povo, garantem-se a felicidade de hoje e o futuro de todas as gerações vindouras.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *