AlimentaçãoCoreia do Norte

𝐊𝐢𝐦 𝐉𝐨𝐧𝐠 𝐔𝐧 visita fazendas reabilitadas após passagem de tufão

Pyongyang, 18 de agosto (ACNC) — O estimado camarada Kim Jong Un, Secretário-Geral do Partido do Trabalho da Coreia e Presidente dos Assuntos Estatais da República Popular Democrática da Coreia, orientou em campo a campanha para a recuperação de danos aos cultivos pelo tufão visitando as fazendas de Ogye e Wollang do condado de Anbyon da província de Kangwon.

Ele foi acompanhado por Kim Tok Hun, membro do Presidium do Bureau Político do Comitê Central do PTC e primeiro-ministro da RPDC, Jo Yong Won, membro do Presidium do BP e secretário do CC do PTC, Kim Jae Ryong, membro do BP e secretário do CC do PTC, Ju Chol Gyu, membro suplente do BP do CC do PTC, vice-premier e presidente do Comitê de Agricultura, Kim Yo Jong, sub-chefe de departamento do CC do PTC, e o general de exército da força aérea Kim Kwang Hyok, que é comandante das força aéreas.

Passando em revista dos arrozais danificados, o Secretário-Geral recebeu o relatório geral do estado de recuperação e averiguou em detalhes como foram tomadas as medidas agrotécnicas correspondentes.

Olhando para as terras reabilitadas que aguardam para serem tingidas em cor dourada (dos cereais em amadurecimento) prometendo colheitas abundantes, disse com muito prazer que guardam também o suor da lealdade dos soldados do EPC e que um mar de espigas douradas se espalhará graças ao seu patriotismo.

Como parte do trabalho para melhorar o estado de crescimento das plantações agrícolas nas terras alagadas, tomou a providência de mobilizar os helicópteros e aviões de transporte leves de uma unidade da força aérea do EPC e orientou pessoalmente a pulverização de agrotóxicos.

Por ordem do estimado camarada Kim Jong Un, os pilotos da unidade nº 2623 procederam imediatamente à missão de voo com o desejo de cumprir fielmente com seu dever e obrigação absoluta como exército popular que está sempre preparado perfeitamente para qualquer tarefa para defender a vida, a segurança e a felicidade do povo, e concluíram com sucesso a pulverização das zonas alagadas.

O Secretário-Geral agradeceu aos militares da EPC que contribuíram muito para eliminar completamente as sequelas do tufão e melhorar o estado nutricional do arroz, dando provas de sua abnegação e patriotismo com a disposição de cumprir a todo o custo a ordem do CC do Partido.

Avaliou altamente eles que criaram o milagre de reabilitar em pouco tempo as terras aráveis ​​alagadas para onde foram despachados assim que foram reportadas as perdas do tufão e, hoje, voltaram a cumprir perfeitamente a missão assumida para melhorar o estado de crescimento dos cultivos.

A forte mentalidade de nossos militares de lutar corajosamente no campo de batalha e pôr-se também sempre à frente da materialização das políticas partidárias e na defesa dos interesses do povo, proteger os bens do país e contribuir igualmente para a produção de cereais é precisamente o temperamento próprio do EPC e sua obrigação e dever naturais — disse ele.

O Comitê Central do Partido mobilizou os militares do EPC nesta campanha de recuperação do tufão não porque seja grande a extensão afetada de 200 hectares, apontou.

Como acontece nas linhas de frente no meio do combate, onde nem um centímetro pode ser cedido aos inimigos, é impossível perder um único phyong (equivalente a 3,3㎡) ante a investida de um desastre natural e, por isso, tomou a decisão de atribuir a honrosa missão de recuperação ao EPC — expressou e continuou que este corpo armado deve ser um fiel servidor do povo que não conhece nenhuma concessão na defesa de seu bem-estar.

Outro importante objetivo da organização desta campanha com os soldados foi despachá-los mais uma vez para a linha da frente em defesa da vida e bens do povo e aumentar, assim, a força espiritual e a combatividade típicas do EPC e torná-lo mais consciente da sua missão e dever naturais, assim como educar e despertar os habitantes locais e os funcionários do órgão de direção agrícola para que cuidem com empenho e cultivem bem as valiosas terras da área habitada seguindo a sua forma de luta — ensinou.

Fazendo valer desta vez também sua orgulhosa tradição de materializar a todo custo as ordens e indicações do CC do Partido, o EPC voltou a demonstrar plenamente na campanha de recuperação sua ilimitada lealdade e temperamento de luta em resposta à confiança e esperança do PTC — avaliou e ficou novamente satisfeito com o enorme potencial combativo demonstrado pelos destacamentos correspondentes das unidades nº 2623, 863 e 974 do EPC.

Sem perder a fé, as fazendas atingidas pela inundação devem se incorporar vigorosamente à produção agrícola, em particular, adubar e cuidar das plantações agrícolas na segunda metade do período de crescimento de acordo com as características regionais e condições climáticas e de acordo com a norma técnico-científica e se concentrar em terminar com segurança a agricultura deste ano — instruiu.

Da mesma forma, todos os dirigentes e trabalhadores do setor agrícola devem se levantar em geral mais uma vez na luta para alcançar sem falta a meta de produção de grãos deste ano, especificamente, reduzir ao máximo as perdas por fenômenos naturais desastrosos e fertilizar e cuidar substancialmente dos cultivos com visão científica para garantir seu crescimento seguro, até que todas as fazendas do país obtenham a colheita abundante — destacou.

Destacando mais uma vez a necessidade de aperfeiçoar em todo o Estado as medidas de prevenção de danos e a capacidade de reação a crises, especificou que este deve estar preparado para enfrentar qualquer fenômeno natural desastroso com iniciativa, em particular, revisar e averiguar a capacidade preventiva de desastres naturais em geral, como o ordenamento e reforço das instalações, buscar os pontos vulneráveis ​​e remediá-los rápida e oportunamente para que as terras aráveis ​​e plantações agrícolas não sofram perdas.

Contemplando o panorama das fazendas Ogye e Wollang reabilitadas graças à dedicação patriótica dos militares, abençoou o outono que venha com grãos e frutas bem maduros e felicidade para essas terras recuperadas dos danos naturais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *