Segundo dia do 2º grande cursilho dos funcionários do ramo da construção

Pyongyang, 10 de fevereiro (ACNC) — Continua nestes dias o 2º grande cursilho dos funcionários do ramo da construção.

Ocorreram intervenções também no segundo dia da reunião de balanço do trabalho do ramo, realizada no dia 9.

Os oradores avaliaram que a mensagem do estimado camarada Kim Jong Un “Orientemos o desenvolvimento da civilização do socialismo ao nosso estilo através de uma nova revolução na construção” torna-se o programa imortal que conduz à nova revolução na construção pela prosperidade e desenvolvimento do nosso grande Estado e o bem-estar do povo.

Em representação de todos os participantes do evento e habitantes de todo o país que respeitam fortemente o Secretário-Geral do PTC, renderam a máxima glória e saudação mais cordial a ele que deixou aberta na terra pátria a era de grande prosperidade da construção materializando perfeitamente o espírito de dar primazia às massas populares e orienta à vitória a histórica causa pela prosperidade integral de nosso Estado fazendo uso de sua extraordinária capacidade e comprovada liderança.

Falaram das proezas imperecíveis do Secretário-Geral que, ao atribuir importância à construção na luta por edificar uma potência socialista, apresentou o grande programa da arquitetura de tipo Juche e produziu uma revolução na construção ampliando a visão dos funcionários com sua genial perspicácia ideológica e incansável direção.

Referiram-se ao cumprimento da política do Partido sobre dar primazia às massas populares e manter o caráter jucheano, o moderno e a nacionalidade na arquitetura e aos êxitos obtidos na formação de talentosos do domínio.

Assinalaram que o Exército Popular demonstrou plenamente seu temperamento de exército revolucionário do Partido, que desconhece o impossível, em numerosas obras importantes respondendo com ação resoluta ao chamado do Partido.

Apontaram que, ao aumentar a produção de materiais de construção como o cimento com o espírito revolucionário de autoconfiança, contribuíram muito para a construção de grande dimensão.

Enfatizaram que os funcionários devem cumprir sua responsabilidade e papel de organizador e porta-estandarte na implementação da política do Partido sobre a construção.

Expressaram a determinação de tornar mais majestosa e elegante a cidade de Pyongyang e introduzir inovação contínua na revolução da construção para abrir a nova era de mudança das localidades, em pleno acato às tarefas combativas apresentadas na supracitada mensagem histórica.

Analisaram e fizeram balanço dos defeitos surgidos pelo desempenho insuficiente dos funcionários na materialização da orientação do Partido de produzir uma revolução na construção e suas causas.

Kim Tok Hun, membro do Presidium do Bureau Político do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, vice-presidente da Comissão de Assuntos Estatais e Primeiro-Ministro da República Popular Democrática da Coreia, proferiu a palavra de conclusão da reunião de balanço do trabalho.

Em seguida, ocorreu a cerimônia de outorgamento de condecorações do Partido e do Estado aos designers, funcionários e inovadores que realizaram méritos na construção.

De acordo com o decreto correspondente do Presidium da Assembleia Popular Suprema da República Popular Democrática da Coreia, a Ordem Kim Il Sung foi concedida a Jong Yong Thaek e Maeng Kyong Chan e a Ordem Kim Jong Il a Kil Song Ung.

Paek Song Un, Kim Sun Chol, Pak Song Min, Kim Sang Ryong, Song Hak e Ro Ik receberam o título de Herói do Trabalho da RPDC junto com a Medalha de Ouro “O martelo e a foice” e a Ordem Bandeira Nacional de primeira classe.

Foi concedido o relógio com o nome inscrito do Dirigente Kim Jong Il a Ri Chol Sam e o diploma de honra do Secretário-Geral do Partido do Trabalho da Coreia, Kim Jong Un a Kim Tae Gil, Pak Jong Ryol, Kim Mu Song, Kim Kwan Su e Han Yong Nam.

O Prêmio de Honra Juvenil Kim Il Sung foi conferido a Kim Kuk Chol, Pae Rim Gwang, Kim Il Hyok, Ryu Ji Song e O Yong Un e o Prêmio de Honra Juvenil Kim Jong Il a Won Hyok Chol, Kim Chung Mi, Roe Jin Song e Sin Chol Min.

O título de Designer do Povo correspondeu a Kim Hwa Song; o de Designer Benemérito a Kim Jong Bom, Kim Song Hak, Ri Pyong Hak, Rim Gwang e Kim Jong Gwan; o de Construtor Benemérito a Ri Song Ho, Hyon Ki Son, Ryu Myong Do e Jong Chol; o de Motorista Benemérito a Yun In Jin, Choe Ryong Se e Ri Yong Su; o de Técnico Benemérito a Kim Chang Ho; o de Calcinador Benemérito a Ri Kwang Chol e o Maquinista Benemérito a Pak Kwang Thae.

Foram outorgadas a Ordem Bandeira Nacional de primeira e segunda classes a 20 e 56, respectivamente, e a Ordem do Trabalho a 28.

Os participantes procederam ao cursilho de trabalho.

Lê-se: Caráter jucheano, nacionalidade e modernidade

Leave a Reply

Your email address will not be published.