Praticando a política Songun

A política Songun é o modo de política socialista que apresenta a questão militar como o assunto mais importante do Estado e, se apoiando no temperamento revolucionário e na combatividade do Exército Popular, defende a pátria, a revolução e o socialismo e promove dinamicamente o conjunto da construção socialista.

Em meados da década de 1990, o grande General Kim Jong Il iniciou a política Songun.

Naquela época, em torno do trágico evento em alguns países onde o socialismo estava sendo construído no final dos anos 80 e início dos anos 90, os imperialistas proclamaram ruidosamente o “fim do socialismo”. Para piorar, após o falecimento do grande Líder Kim Il Sung, fundador da Coreia socialista, eles direcionaram a ponta de lança à nossa República.

Foi um período severo em que o destino do socialismo seria determinado.

Precisamente nessa época, ou seja, em 1º de janeiro de 84 (1995) da era Juche, o grande general Kim Jong Il começou a praticar a política Songun, com a inspeção de uma base antiaérea chamada hoje “Posto de pinheiros anões”.


Desde então, inspecionou continuamente as tropas do Exército Popular, a fim de fortalecer o poder militar como indestrutível. Visitou mais de 2.490 unidades das forças armadas durante 17 anos até o último momento de sua vida.


Testemunham isso o escarpado monte Chol, que ele atravessou 18 vezes, a rota marítima de ondas agitadas que ele navegou para chegar à ilha Cho e os perigosos postos de defesa no posto avançado da frente.

Neste processo, formou o Exército Popular como uma força principal não só na defesa da pátria, mas também na construção socialista.
Durante a visita ao campo de construção da Usina Hidrelétrica da Juventude de Anbyon, em junho de 1996, elogiou muito as façanhas realizadas pelos construtores militares e fez todo o país imitar o espírito e o estilo de luta manifestado por eles.


Além disso, não parou de fazer visitas de trabalho até o último momento de sua vida, para incentivar todo o povo a registrar novos saltos.
Graças aos seus esforços, surgiram a Usina Hidrelétrica Juventude de Anbyon, a Salina Kwangmyongsong e numerosas fábricas padronizadas modernas que contribuem para a melhoria da vida popular. A terra arável foi disposta em uma área de centenas de milhares de hectares, foram abertos canais de irrigação por gravidade e foram erguidos magníficos parques públicos de recreação.


Assim, graças à liderança Songun praticada pelo grande General Kim Jong Il, nosso socialismo foi firmemente defendido e foi preparado um sólido trampolim para a construção da potência na Coreia.

Leave a Reply

Your email address will not be published.